A Orquestra Clássica do Centro assinala em 2019, 18 anos de actividade ininterrupta. Entre as atividades que tem desenvolvido ao longos dos anos realce-se os designados “Concertos Prestígio”, homenageando pessoas e / ou Instituições que se destacam no campo social, científico, humano ou outro.

Portugal é o país com o maior número de mulheres cientistas, sendo o primeiro destes Concertos a realizar no ano de 2019 dedicado a uma cientista: Manuela Grazina. A Doutora Manuela Grazina é um cientista da Universidade de Coimbra, cujo trabalho é reconhecido quer nacional, quer internacionalmente. Desta-se o trabalho que desenvolve no Laboratório de BioMedicina Mitocondrial e Teranóstica (no CNC / FMUC).

Com direcção do maestro Luís Carvalho, este concerto conta com a participação do Tenor Sérgio Martins. Neste concerto poder-se-á ouvir em estreia a obra vencedora do Prémio Francisco Martins 2019 – AGRYPNIA de Nuno Peixoto de Pinho.

O espectáculo realiza-se no Pavilhão Centro de Portugal, dia 23 de Fevereiro, pelas 17:30.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.