Orquestra Jazz de Matosinhos interpreta banda-sonora dos filmes que marcaram os 100 anos do naufrágio do “Veronese”

unnamed(1)

 

 

A Orquestra Jazz de Matosinhos vai interpretar bandas-sonoras de filmes que marcaram os 100 anos do naufrágio do “Veronese”. Este espectáculo vai acontecer no dia 28 de Julho, às 22:00, na Praça Guilhermina Suggia, Matosinhos.

Tendo como ponto de partida um filme histórico com imagens do trágico naufrágio do paquete Veronese, ocorrido ao 1913 na costa da Praia da Boa Nova, o cine-concerto da Orquestra Jazz de Matosinhos, estreado em 2013, aquando do centenário da tragédia, volta a ser apresentado ao vivo.

“O Naufrágio do Veronese” mostra de modo épico o socorro e resgate dos náufragos do navio inglês. Luís Tinoco compôs “Costa Muda”, a peça que serve de banda-sonora a uma das primeiras produções da Invicta Film.

Mas ainda há mais. Para marcar o centenário da tragédia, os realizadores João Canijo, Tiago Guedes, Sandro Aguilar, Francisco Moura e Margarida Cardoso foram convidados a reinterpretar a História. A essas novas curtas-metragens juntam-se as músicas de Mário Laginha, Pedro Guedes, Carlos Azevedo, Ohad Talmor e Bernardo Sassetti, respectivamente.

A projecção dos filmes será acompanhada ao vivo pela Orquestra Jazz de Matosinhos, dirigida por Pedro Guedes. Este espectáculo pode ser visto no dia 28 de Julho, às 22:00, na Praça Guilhermina Suggia, Matosinhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.