“Palavras na nossa terra” destaca Mário Sá Carneiro em Palmela

Em julho, Mário de Sá-Carneiro é o poeta em destaque no projecto “Palavras na nossa terra”, a tertúlia poética que se reúne na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo, por iniciativa da Câmara Municipal de Palmela.

O encontro decorre a 29 de julho, sexta-feira, às 21 horas, e pretende abordar a curta mas intensa carreira do poeta e ficcionista Mário de Sá-Carneiro, um dos expoentes máximos do modernismo português. Nascido em 1890, o poeta é um dos mais destacados membros da intitulada “Geração d’Orpheu”, revista literária que ajudou a projectar. A inadaptação ao mundo e a tendência depressiva estão bem patentes na sua escrita, de grande sensibilidade. Obras de importância maior para compreender Mário de Sá-Carneiro, como as “Cartas a Fernando Pessoa”, foram publicadas já postumamente, depois do seu suicídio em Paris, ainda antes de completar 26 anos de idade.

 

 

O projecto “Palavras na nossa terra” evoca, mensalmente, grandes nomes da literatura portuguesa, como Bocage, Sebastião da Gama, Camões e Calafate, procurando divulgar a grande poesia nacional, incentivar a escrita, promover o debate e criar experiências inovadoras de escrita, pessoal e colectiva.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6750 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.