Palmela volta a Queimar o Judas nas ruas do Centro Histórico

Queima do Judas

 

No dia 15 de Abril o Município de Palmela volta a queimar Judas nas ruas do Centro Histórico num espectáculo que envolve teatro, música e pirotecnia. Este ritual histórico, a 30 minutos de Lisboa, é organizado pela Câmara Municipal local e pelo movimento associativo do concelho que recuperou este ritual de origens pagãs, ligado à celebração do equinócio da Primavera, em 1995.

 

 

A Queima do Judas é parte integrante do Programa Municipal de Teatro e continua a desafiar e inspirar os grupos de teatro de amadores do concelho, contribuindo para a divulgação do seu trabalho junto de diferentes públicos. O percurso será iluminado pela luz dos archotes e marcado pelos bombos, tendo início às 21:30, no Largo dos Loureiros, e conduzindo o público até cada um dos infelizes Judas, bonecos de palha com recheio pirotécnico, que conhecerão os seus testamentos, textos satíricos dramatizados pelas associações e grupos locais de teatro. 

 

 

Este ano, a Queima conta com um número recorde de 14 grupos já confirmados. Pelo fogo, Judas expia os seus pecados, numa alusão ao fecho de um ciclo e início de um novo ano, com a chegada da primavera. 

 

 

O Largo de S. João é a estação final do desfile, onde será lido o testamento da Câmara Municipal, seguindo-se animação pela Orquestra e pelos Diabos do Bardoada, Grupo do Sarrafo, e um espectáculo de fogo de artifício.

 

 

Na Queima do Judas participam vários grupos e associações participantes como a: Sociedade Filarmónica Palmelense “Loureiros”, a Sociedade Filarmónica Humanitária ou o Passos e Compassos/ Grupo das Férias Culturais.

 

 

A Queima do Judas acontece no dia 15 de Abril, às 21:30, no Centro Histórico de Palmela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.