Pascal Pinon apresenta-se pela primeira vez em Coimbra

Pascal Pinon

 

As gémeas islandesas Jófríður e Ásthildur Ákadóttir, que juntas formam o projecto Pascal Pinon, apresentam-se pela primeira vez em Coimbra, no Centro de Artes Visuais, no dia 09 de Março, pelas 21:30.

 

 

O grupo editou o primeiro álbum em 2009, caracterizado pela adolescência das harmonias e a utilização de um vasto acervo de teclados, xilofones e mesmo caixas de música, que o situavam na geografia delicada da twee folk. 

 

 

“Twosomeness” (2013), o álbum que se seguiu, foi produzido por Alex Somers (Sigur Rós), cuja intervenção, ao longo do processo de gravação, viria a dotá-lo da densidade que faltara ao antecessor. O recurso a elementos electrónicos e a convivência com o legado de Björk e dos Sigur Rós, renderam às jovens islandesas um rol de elogios por parte da crítica, que então assinalou a sua rápida maturidade sonora.

 

 

O terceiro álbum, “Sundur”, resulta do reencontro de Jófríður e Ásthildur, após um período em que a primeira formou um projecto de electrónica (Samaris), ao passo que a segunda frequentou um curso de música clássica em Amesterdão. Deixando para trás a estética do álbum precedente e marcando um retorno à essência da escrita de canções, em torno de narrativas folk naturais da Islândia e de uma ideia de afastamento e proximidade, que pautou a vida das duas irmãs nos últimos anos.

 

 

As Pascal Pinon apresenta-se pela primeira vez em Portugal no dia 09 de Março e com elas trazem o seu álbum mais cru, que é aquele que melhor define a sua identidade, após um percurso de 7 anos. Ocasião para um há muito aguardado encontro com as referências actuais da música e tradição folk islandesa. Um bilhete normal para este bilhete custa 5€ enquanto os associados da Lugar Comum apenas têm que pagar 4€. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.