Paulo Gonzo foi “adoptado” pela família sesimbrense

campo pequeno - as vezes o amor - paulo gonzo 6

 

Paulo Gonzo actuou no Cineteatro Municipal João Mota, em Sesimbra, às 21:30 do dia 24 de Setembro. O concerto intimista fez parte das celebrações dos quarenta anos de carreira do músico. A sala sesimbrense estava cheia para ver o cantor que pela primeira vez actuou na vila.

 

 

Paulo Gonzo e a sua banda tocaram alguns dos temas mais reconhecidos de um repertório bem rico em sucessos.

 

 

No palco sesimbrense actuaram, para além do artista, os músicos: Rui Fingers (guitarra), Paulo Sérgio (piano) e Luciano (baixo). Apenas estes três instrumentos, mais o talento demonstrado em palco por Paulo Gonzo e a iluminação utilizada, onde predominavam o púrpura e as cores mais cruas, criaram o ambiente ideal para o concerto de um dos melhores artistas portugueses da actualidade.

 

 

Paulo Gonzo no concerto interpretou alguns dos duetos que realizou ao longo da sua carreira com cantores como: Lúcia Moniz (no tema “Leve beijo triste), Fafá de Belém (que colaborou com o músico no álbum de duetos) ou Jorge Palma. Aliás, a relação entre os dois músicos não é recente. Jorge Palma é o letrista do próximo single do artista, que tem data de lançamento prevista para daqui a dois meses. Este tema fará parte de um novo álbum que o músico está a preparar.

 

 

“Sei te de cor”,” Dei-te quase tudo” (retirada do álbum “Quase Tudo”) ou “Jardins proibidos” (tema presente no álbum “Pedras da Calçada”) foram algumas das músicas escutadas num concerto que estava previsto ter 1h30 minutos mas acabou por ter duas horas devido ao entusiasmo vivido pelo público presente na sala. A juntar a uma voz inconfundível e canções marcantes que fazem parte da banda sonora das nossas vidas, a sua forte personalidade deixou uma grande marca no público presente.

 

 

Os sesimbrenses sabiam todas as letras das músicas de Paulo Gonzo, que iniciou a sua carreira musical no blues, tendo sido o fundador do grupo “Go Graal Blues Band”.

 

 

Para além de ter interpretado os seus temas mais conhecidos em português, também cantou algumas canções das maiores vozes do blues, como foi ” Bring it on home to me”,de Sam Cooke. Alguns desses temas foram regravados pelo artista no álbum “By Request”,lançado em 2010, gravado no bairro de Brooklyn (Nova Iorque).

 

 

O cantor homenageou todas as mulheres presentes na sala ao cantar o tema “She”, de Frank Sinatra, um dos maiores cantores de todos os tempos. Esta foi uma das últimas músicas do alinhamento do espectáculo que encerrou com “Amor Maior”. Paulo Gonzo cantou, pela primeira vez a solo, o dueto que realizou com a fadista Raquel Tavares e que é o tema de genérico da nova novela da SIC. Aliás, esta não é a primeira vez que Paulo Gonzo dá voz ao tema principal de uma telenovela.

 

 

Paulo Gonzo foi aplaudido de pé pelo público que ficou encantado pela energia do músico que se reinventa a cada ano que passa.

 

Nota: Fotografia de Arquivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.