Porto: Trabalhadores do Comércio, António Capelo e Camané abrem Cultura em Expansão

 

 

O Cultura em Expansão inicia no próximo fim de semana a programação para 2019, com três espectáculos – dois de música e um de teatro – nos três pólos principais do projecto este ano: Campanhã, Miragaia e Pasteleira.

O programa municipal do Porto conta com um total de 46 projectos apresentados em 64 sessões, entre Março e Dezembro de 2019, sempre de entrada livre.

O início acontece na próxima sexta-feira, 22 de Março, às 21:30 com os Trabalhadores do Comércio no Auditório da Junta de Freguesia de Campanhã, com um repertório composto pelas suas canções mais emblemáticas e que celebra os quase 40 anos de carreira da banda portuense, conhecida por temas como “Chamem a Pulíssia” ou “De manhã eu bou ó pom”. No dia seguinte, António Capelo leva ao palco do Grupo Musical de Miragaia “Uma noite com a palavra dos poetas”, também às 21:30. O actor, fundador e director da ACE Escola das Artes apresenta uma noite de poesia que contempla textos de autores como Fernando Pessoa ou Eugénio de Andrade, que o têm acompanhado ao longo da sua vida pessoal e profissional. O auditório em Miragaia recebe assim pela primeira vez um espectáculo do Cultura em Expansão e, até Dezembro, apresentará mais 12 actividades, incluindo um concerto de Samuel Úria, um espectáculo de Né Barros e um concerto de Manel Cruz no encerramento do programa.

No terceiro e último espectáculo do fim de semana de abertura, um dos nomes mais incontornáveis do fado da actualidade – Camané – vai apresentar um concerto de homenagem ao fadista Alfredo Marceneiro, uma das maiores referências da sua carreira, na Associação de Moradores do Bairro Social da Pasteleira. “Camané canta Marceneiro”, que concretiza uma vontade antiga de Camané, tem início às 17:00 de 24 de Março, domingo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.