“Prelúdio ou a Mulher Selvagem” em Palmela

Teatro da Didascália_PRELÚDIO

 

 

 

O espaço sede do Teatro O Bando, em Vale dos Barris, Palmela, recebe, nos dias 10 e 11 de fevereiro, o espetáculo “Prelúdio ou a Mulher Selvagem”.

 

 

 

A produção do Teatro da Didascália, de Joane (Famalicão), é apresentada como «uma performance poética que nos revela um emaranhado de simbolismos, de arquétipos, reacendendo no nosso inconsciente a crença no poder intuitivo e sobrenatural das mulheres, intimamente ligado à natureza e aos ciclos de morte e renovação». Apesar da repressão milenar que o arquétipo feminino tem sofrido, não só de âmbito religioso e político, mas também social e familiar, o «ser selvagem primitivo das mulheres é, nesta peça, libertado na forma de um poema cantado e contado, uma espécie de grito melódico onde ecoam os instintos mais profundos da natureza feminina».

 

 

 

Este espetáculo dá continuidade à “Programação na Quinta” 2018, iniciada com o Trigo Limpo Teatro ACERT e que, ao longo do ano, proporcionará a oportunidade de assistir, em Palmela, a grandes espetáculos, pelas mãos de várias companhias nacionais.

 

 

As sessões decorrem aos sábados, às 21h00, e aos domingos, às 17h00. Informações e reservas através do telefone 21 233 68 50 ou do e-mail geral@obando.pt.

 

 

Ficha artística:

Encenação: Bruno Martins

Interpretação: Catarina Gomes, Cláudia Berkeley, Daniela Marques

Pesquisa e Apoio Dramatúrgico | Técnicas de narração oral: Patrícia Amaral

Composição e Direção Musical: Rui Souza

Cenografia e Figurinos: Sandra Neves

Desenho de Luz: Valter Alves

Confeção de Figurinos: Joaquim Azevedo

Consultoria Científica: José Joaquim Dias Marques, Paulo Correia

Produção: Ludmila Teixeira

Coprodução: Teatro da Didascália | Casa das Artes de V. N. de Famalicão | Centro Cultural Vila Flor

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 05/02/2018


About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

_