Presidente da Câmara Municipal de Marvão destaca o festival de cinema que “começa a despertar o interesse de muitos públicos” (C/Som)

 

 

Encerrou este domingo, 29 de Julho, o Festival Internacional de Música de Marvão, uma das grandes apostas culturais e que marca o calendário cultural no concelho.

 

 

 

Em entrevista ao Infocul, o presidente da Câmara Municipal de Marvão, Luís Vitorino, destacou, também, outros eventos que podem ser apreciados e experienciados no concelho, ao longo do ano.

 

 

Destaco o festival de cinema, que é mais uma aposta, que já está na quinta edição, começa a despertar o interesse de muitos públicos, de ano para ano aumenta a bilheteira. É verdade que não é um evento que se pague com a bilheteira porque são eventos realizados em territórios de baixa densidade onde não há expressão de visitantes, mas que tem potencial e que também promove o território, este que é um território único, pois é um território e dois países, pois é contiguo com Espanha e é esta ligação que tem mantido Marvão nesta ribalta”, começou por referenciar.

 

Luís Vitorino acrescentou ainda que “temos as quinzenas gastronómicas, também fazemos uma boa divulgação da nossa gastronomia e do bom que se faz aqui em Marvão”, sem esquecer que “temos o Al Mossassa, um festival islâmico que se está a afirmar-se também, está numa fase de ascendência, em que o público tem vindo a aumentar, levou um upgrade”.

 

Mas em Marvão há ainda a “Feira da castanha, com um publico diferente, é uma feira popularucha, é uma feira do povo, em que as pessoas vem comer castanha, beber vinho, não vale a pena introduzir grandes coisas porque as pessoas querem é divertir-se, comer castanha e beber vinho”.

 

Sendo que em resumo, “temos uma dinâmica cultural ao longo do ano cíclica”.

 

 

 

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 03/08/2018


About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

_