Primeiras confirmações para a 11ª edição do Jameson Urban Routes

jameson

 

 

A 11ª edição do Jameson Urban Routes vai realizar-se de 24 a 28 de Outubro, no Musicbox, em Lisboa. Serão cinco dias compostos por 13 sessões, 26 projectos musicais e 34 horas de muita música que pretende explorar e dar a conhecer algumas das tendências globais bem como olhar sobre o ombro e perceber que herança e relevância o passado continua a ter nas nossas vidas. Com estas somas vão fazer um pouco futurologia.

Os primeiros destaques da edição deste ano vão para a estreia dos históricos dinamarqueses Laid Back, para o raro momento que é juntar em palco os Black Bombaim com Peter Brotzmanm; para o concerto de apresentação do novo disco de Actress; para o regresso ao Musicbox de O Terno e You Can’t Win Charlie Brown e para a grande surpresa nacional de 2017, os Scúru Fitchádu.

Na quarta-feira, 25 de Outubro, e das 21:30 às 00:00 sobem a palco os Black Bombaim com Peter Brotzmanm e Scúru Fitchádu. O disco homónimo que Black Bombaim e Peter Brötzmann lançaram no ano passado não só foi um dos discos de 2016 aqui do pedaço como também o foi para publicações como a Wire ou a Stereogunn. Há mais de um ano que não actuam em Lisboa.

Já os Scúru Fitchádu, banda de Marcus Veiga, está desde o inicio deste ano a destruir todos os locais por onde passa com culpa máxima para a força monumental que a mistura de punk com funaná origina.

Na sessão 3, que vai acontecer das 00:30 às 03, Actress vai apresentar o disco “AZD”. Nesta obra volta a olhar para a electrónica actual tentando adivinhar-lhe o futuro. Até ao momento há poucos discos lançados este ano que possam ombrear com esta sinfonia glitch que nos faz desejar ser uma máquina calculadora numa belíssima noite de techno algures em Berlim.

Caroline Lethô, à semelhança de Actress, procura com a sua música dar um novo impulso às pistas de dança, uma nova forma de quebrar sem destruir. É um dos casos de clubbing nacional que merece toda a nossa atenção.

A quinta sessão, que vai acontecer a 26 de Outubro, das 21:30 às 00:00, e traz os portugueses You Can’t Win Charlie Brown e os brasileiros O Terno. Da primeira vez que os You Cant Win Charlie Brown passaram pelo Jameson Urban Routes tinham acabado de lançar o seu Ep de estreia, preparavam-se para mostrar o primeira longa duração e eram mais um sinal da nova vitalidade da música nacional. Agora, em 2017, regressam com a certeza de que não houve uma única profecia que se tivesse esquecido de acontecer. Já são um nome consolidado na música nacional e estão a preparar um novo trabalho.

A banda O Terno, de São Paulo, regressa ao melhor pôr-do-sol do mundo envolta de promessas e juras de sucesso. Deste lado não foi preciso esperar pelos 3 discos que a banda já carrega para assobiar singles com uma escrita cheia de pinta.

A sessão 6, que vai acontecer das 00:30 às 03:00, traz o Captain Casablanca e os Laid Back. Estes dinamarqueses lançam álbuns desde 1981. A única vez que estiveram em Portugal foi para actuar num programa de televisão e receber o disco de ouro relativo a “Sunshine Reggae” (que é a 5ª música mais tocada na história da rádio dinamarquesa).

Nesta sessão destaque ainda para Captain Casablanca que é como quem diz Casper Clausen, o eterno vocalista dos Efterkland e Liima que vive e é apaixonado por Lisboa.

Os bilhetes já estão à venda na rede BOL. O bilhete para esta sessão custa 15€ (12€ para as sessões de quinta-feira) e o Passe diário (todas as sessões de quarta-feira) tem um valor de 25€. Já as de quinta-feira têm um valor de 22€.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.