Prótoiro: “Com este convite pretendemos apenas promover o enriquecimento cultural de Graça Fonseca”

 

 

A Prótoiro emitiu, mais um , comunicado reagindo às declarações da Ministra da Cultura e…convidando-a a assistir a uma corrida de touros.

 

 

Abaixo o comunicado transcrito, na íntegra:

 

 

A PróToiro – Federação Portuguesa de Tauromaquia, apesar de indignada com mais uma gaffe da ainda ministra da Cultura, está disposta a ajudar Graça Fonseca a combater os seus infundados preconceitos e discriminação que sente por uma actividade cultural como a Tauromaquia. Preocupada com a impreparação e falta de sentido de Estado demonstrada pela ministra, a PróToiro convida Graça Fonseca a assistir a uma corrida de toiros para perceber, de uma vez por todas, a importância desta arte para os portugueses, povo de quem está tão distante.

 

 

A decisão de convidar a ainda ministra surge após o comentário de Graça Fonseca, na festa do 50º aniversário da RTP 2, durante a qual se confessou assustada por recear que a levassem para uma tourada após ouvir um tema de ‘Pasodoble’.

Com este convite pretendemos apenas promover o enriquecimento cultural de Graça Fonseca. Está na hora do ministério da Cultura perder a graça e ganhar sentido de Estado. É o mínimo que se exige a alguém que gere uma pasta tão importante como a Cultura“, afirma Paulo Pessoa de Carvalho, presidente da PróToiro, antecipando o vexame “se as declarações de Graça Fonseca chegassem, por exemplo, a Espanha“.

Para a PróToiro, é constrangedor assistir ao desconhecimento e à total ausência de respeito desta ministra em relação à cultura taurina e aos milhões de aficionados. “Ninguém percebe como ainda está em funções depois de ter chamado incivilizados e retrógrados aos aficionados, depois de se ter mostrado a favor da discriminação e de ter dito que era uma felicidade não ler jornais portugueses“, conclui Paulo Pessoa de Carvalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.