Raquel Tavares

 

 

Em concerto inédito, Raquel Tavares apresenta-se, na próxima Quinta-Feira, 20 de Julho, a partir das 23 horas, no Lounge D para interpretar as melhores composições do novo álbum intitulado, precisamente, “Raquel”. Trata-se de mais uma etapa do ciclo de “Grandes Concertos do Casino Estoril” que será protagonizada, desta vez, por uma das mais importantes e consistentes vozes do fado contemporâneo. A entrada é livre.

É o Fado que faz pulsar o seu coração. É o Fado que dá sentido à sua vida. O Fado clássico, enraizado na mais profunda tradição, o espelho mais fiel da alma portuguesa. É o Fado que a acompanha quando, ainda menina, se atreve a pisar um palco. E com doze anos vence numa Grande Noite do Fado. A primeira de catorze vitórias.

É o Fado que a leva a encantar as mais importantes salas de países como os Estados Unidos, Espanha, França, Alemanha, Reino Unido, Brasil, Argentina, China ou Austrália. É o Fado que faz com que colecione prémios, desde que se estreou em disco, em 2006. É o Fado que canta em criança. É o Fado que canta agora, que é uma referência. O Fado clássico, enraizado na mais profunda tradição, o espelho mais fiel da alma portuguesa.

Em “Raquel”, o seu terceiro e mais recente disco, continua a ser esse Fado, a sua essência. Mesmo refletindo a pulsação do presente, ou não fosse esta enorme coleção de canções produzida por Fred Pinto Ferreira, João Pedro Ruela e Tiago Bettencourt, é sempre de Fado que se trata, do mais sentido respeito pelo seu peso e tradição, quando ouvimos Raquel Tavares.

Por isso, é o Fado que junta alguns dos mais importantes compositores da moderna lusofonia, como Caetano Veloso, Mallu Magalhães, Rui Veloso, António Zambujo, Miguel Araújo, Jorge Cruz e Tiago Bettencourt, a nomes incontornáveis da sua História, de Alfredo Marceneiro a Pedro Homem de Mello, passando por João Dias, Carlos Rocha ou Arlindo de Carvalho. E é o Fado que persiste quando Raquel recebe a companhia de Carlão, Rui Veloso, António Serrano e Rui Massena.

Porque o Fado e Raquel Tavares são um ser só. Uno e singular. É isso que a distingue. É isso que faz de “Raquel” um disco especial. E intemporal.

Os Grandes Concertos do Casino Estoril estão agendados para o amplo espaço do Lounge D, todas as Quintas-Feiras, a partir das 23 horas, até ao próximo dia 10 de Agosto A entrada é livre.

O programa é o seguinte:

– 20 de Julho: Raquel Tavares

– 27 de Julho: Paulo Gonzo

– 03 de Agosto: Orelha Negra

– 10 de Agosto: The Gift

Com vários motivos de interesse, esta série de concertos consolida a qualidade da oferta cultural e de entretenimento do Casino Estoril, proporcionando uma atmosfera de cumplicidade com os seus visitantes.

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Estoril é reservado a maiores de 18 anos.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6783 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.