RitaRedshoes@Tivoli-7722

 

“Her”, é o nome do mais recente disco de Rita Redshoes e o motivo que a trouxe na noite desta quinta-feira ao Teatro Tivoli BBVA.

 

 

Num espectáculo com mais de hora e meia, Rita Redshoes veio apresentar o seu mais recente disco, mas fez também uma ponte para êxitos mais antigos e que marcaram a sua carreira. Fê-lo acompanhada por músicos de excelência e perante uma plateia com a qual soube interagir em doses equilibradas e com uma alegria contagiante.

 

 

Os músicos deram o “pontapé de saída” no concerto, tendo Rita Redshoes subido a palco aos primeiros acordes, para se sentar ao piano. Ai, e após a introdução dada pelos seus músicos, interpretou “Take me To The Moon” após o qual expressou um sensual e provocador “Olá”. O público aquecia ao som e ao ritmo da artista. “Any Other Choice” e “Life is Huge” foram os temas que se seguiram.

 RitaRedshoes@Tivoli-7681

 

RitaRedshoes@Tivoli-7690

 

Redshoes recordou o público que “viemos ontem do Porto. Estava mais calor lá,” antes de acrescentar que “é um prazer estar aqui”.

 

Neste seu novo disco, além da qualidade e profundidade das letras, há uma harmonia nos temas que é sedutora, além das melodias que são requintadas e servidas com bom gosto. Ao vivo, tudo ganha mais dimensão. Rita vai “saltitando” entre o piano e a guitarra, mas sempre cantando, e ora acompanhada pelo quarteto de cordas mais clássico ou também pelo baixo e percussão. Momentos a solo são servidos de forma intimista e com maior profundidade ainda.

 

 

Com este novo trabalho, Rita Redshoes leva o ouvinte/espectador, a viajar como se tivesse num bosque e em que cada tema é uma descoberta e um motivo para continuar por entre o arvoredo. Um ciclo vicioso. O tempo pára. A imaginação não. O mundo de Rita Redshoes em “Her” é feito por entre o inglês e o português. Unidos pelos sentimentos e emoções que uma voz segura, de timbre sedutor e intenso e um aparelho vocal explosivo,  arrebatam a cada tema.

 RitaRedshoes@Tivoli-7709

 

RitaRedshoes@Tivoli-7713

Mostrou que sabe detectar timbres e numa espécie de “Quem é quem” adivinhou uma série de pessoas que estavam na plateia, através das vozes delas. No que chamou um “concurso de habilidades” acabou por vencer a sua mãe…que ladrou. Momento de boa disposição na sala e continuou a festa.

 

 

Por entre brincadeiras com o público e explicação de alguns temas, fomos ouvindo “Broken Bond”, “Beginming Song” ou “Your Waltz”.

 

 

A certo momento do espectáculo sentiu o público demasiado silencioso e disse-o. Palmas e gritos foi a reacção. “Não digo isto para aplaudirem…podem dizer coisas obscenas”, referiu Rita Redshoes. Mais um momento de riso. A boa disposição foi constante. Tão constante como a inteligência do alinhamento e interpretação do mesmo.

 RitaRedshoes@Tivoli-7686

 

RitaRedshoes@Tivoli-7692

 

De Nina Simone trouxe ao palco do Tivoli o tema “Ain’t Got”, antes de interpretar um tema de elogio ao sexo feminino. Mais do que elogio é um tema que valoriza a mulher, intitulado “Mulher”. A família marcou presença neste concerto e assistiu ao cantar dos parabéns por parte do público e da própria artista ao pai de Rita Redshoes, aniversariante neste dia.

 

 

A solo mostrou-se poderosa com a guitarra e segura, como é habitual na voz, em “Blood Deal” e “You Should Go”, antes de regressarem os seus músicos, para sentada ao piano nos presentear com “Fé na Vida”

 

 

Até ao final do espectáculo Rita Redshoes foi dando ao público alguns dos maiores hits da sua carreira, sendo também verdade que o público reagiu a todos com forte intensidade nos aplausos. Dois encores, os habituais agradecimentos e um concerto que merece ficar gravado na memória de todos os que assistiram. Destacar o brilhante jogo de luzes que assentou na perfeição no repertório que nos foi sendo oferecido.

 RitaRedshoes@Tivoli-7727

 

RitaRedshoes@Tivoli-7737

 

“Choose Love”, Captain”, “Wake Up”, Dream on Girl” ou “Vestido” foram alguns dos temas reservados para a parte final de um espectáculo em que Rita foi alma e voz, bom gosto e sensualidade, provocação e introspecção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.