Rogério Charraz

 

Em noite de concerto, Rogério Charraz apresenta-se, na próxima Quinta-Feira, 27 de Outubro, pelas 23 horas, no Arena Lounge para interpretar as canções do seu álbum mais recente “Não Tenhas Medo do Escuro”. o Tenhas Medo do Escuro” é composto por 11 canções da sua autoria e uma parceria com o pianista Júlio Resende. O novo álbum conta, ainda, com as honrosas participações da fadista Katia Guerreiro, da guitarrista Marta Pereira da Costa e do acordeonista João Gentil.

 

 

Os irmãos Buba e Eduardo Espinho e, também, António Caixeiro completam a lista de músicos convidados, trazendo as raízes alentejanas de Rogério Charraz para o disco. 

 

 

Rogério Charraz privilegia, ao vivo, as composições do seu terceiro álbum de originais, apresentando-se em versão trio, acompanhado por Paulo Loureiro (teclas e clarinetes) e Carlos Lopes (acordeão, cavaquinho e percussão). 

 

 

O artista propõe, ainda, aos visitantes do Casino Lisboa uma selecção dos principais êxitos dos seus dois primeiros álbuns, “A Chave” e “Espelho”. A entrada é livre. 

 

 

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Lisboa é reservado a maiores de 18 anos.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6269 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.