Rosa Oliveira vence Prémio Fundação Inês de Castro

ines1

 

 

A grande vencedora da edição de 2017 do Prémio Fundação Inês de Castro é a autora Rosa Oliveira, com o livro “Tardio”, editada pela Tinta da China. A entrega deste prémio literário vai acontecer no dia 17 de Março, no Hotel Quinta das Lágrimas, em Coimbra.

 

 

 

Na sua 11.ª edição, o Prémio Literário Fundação Inês de Castro (que tem distinguido alguns dos maiores autores portugueses) foi atribuído a Rosa Oliveira, que anteriormente editou o livro de poesia “Cinza”. Agora, com “Tardio” arrebatou o júri deste prémio que é composto por José Carlos Seabra Pereira (Presidente), Mário Cláudio, Isabel Pires de Lima, Pedro Mexia e António Carlos Cortez, não foi unânime na escolha da obra premiada, sendo o Prémio atribuído por maioria. Mário Cláudio votou em A queda de um homem, de Luís Osório, e Pedro Mexia em Hoje estarás comigo no Paraíso, de Bruno Vieira Amaral.

 

 

Nesta edição, o Tributo de Consagração Fundação Inês de Castro 2017, um prémio de carreira, foi atribuído a Eugénio Lisboa.

 

 

A cerimónia de entrega do Prémio Literário Fundação Inês de Castro, um troféu de prata e pedra, da autoria do escultor João Cutileiro, que simboliza todo o drama e mistério que rodeiam o episódio de Pedro e Inês, terá lugar no Hotel Quinta das Lágrimas, em Coimbra, no dia 17 de Março.

 

 

O livro premiado, “Tardio”, de Rosa Oliveira, será apresentado por António Carlos Cortez, e Pedro Mexia falará sobre a obra de Eugénio Lisboa.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 13/03/2018


About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

_