Rui Veloso e os D.A.M.A são as mais recentes confirmações para o MEO Marés Vivas 2016.

 

Considerado um dos maiores músicos nacionais Rui Veloso dispensa apresentações e vai estar no palco do Festival MEO Marés Vivas no dia 16 de Julho para um concerto bem português.

 

 

São trinta e cinco anos de carreira, que prometem uma subida ao palco do MEO Marés Vivas muito especial, onde o músico irá revisitar os mais importantes temas que marcaram várias gerações – “Não há estrelas no céu”, “Chico Fininho”, “Jura”, “Porto Covo” e “Nunca me esqueci de ti”.

 

 

Rui Veloso, que se iniciou na música com apenas seis anos de idade, lançou o seu disco de estreia, “Ar de Rock”, aos 23 anos. Temas como “Chico Fininho”, um dos maiores sucessos da obra de Rui Veloso e do letrista Carlos Tê, foram algumas das razões para este ter sido considerado um dos melhores 50 álbuns portugueses das últimas quatro décadas, pela reconhecida revista de música Blitz.

 

 

Com Rui Veloso começa-se finalmente a falar do rock português. O músico que elevou o rock nacional, cruzou o palco com alguns dos mais galardoados nomes da música internacional, B.B.King, Gilberto Gil, Lenine, no projecto Rio Grande (com Tim, Vitorino, João Gil e Jorge Palma), entre muitos outros.

 

 

Dono de um acervo de clássicos que nos impressionam e que fazem inveja a muitos artistas pela originalidade e por influenciar gerações inteiras, pais e filhos, canções que fazem parte da nossa vida, da nossa história.

 

 

Anos de muitos sucessos e distinções públicas, concertos, convites, produções, participações, prémios e muito mérito caracterizam o percurso artístico de Rui Veloso.

 

 

 De volta ao Porto irá agora no dia 16 de Julho subir ao palco MEO do Festival MEO Marés Vivas para um concerto mágico e arrepiante, onde podemos trocar os “Vês pelos Bês” sem que isso nos importe.

 

 

D.A.M.A., sigla para a expressão “Deixa-me Aclarar-te a Mente Amigo”, começou por ser um projecto de pop / rap, tendo vindo, progressivamente, a libertar-se de quaisquer restrições musicais, procurando sempre escrever músicas com que as pessoas se identifiquem, mas que, acima de tudo, transmitam uma mensagem muito positiva.

 

 

Sobem ao palco MEO do MEO Marés Vivas a 14 de Julho, no primeiro dia do festival.

 

 

Os D.A.M.A são a grande revelação da música portuguesa nos últimos 2 anos. O disco de estreia “Por Uma Questão de Principio” foi disco de platina e mantém-se nos 3 primeiros lugares do Top de vendas por 48 semanas consecutivas. Em 2015 levam mais de 150 espetáculos com lotações esgotadas em auditórios, discotecas, semanas académicas, festas municipais, entre outros. os singles “Balada do Desajeitado”, “Às Vezes” e “Luísa” atingem os milhões de visualizações no canal de Youtube tornando a banda num fenómeno nacional.

 

 

 O novo disco “Dá-me um Segundo” com edição a 26 de Outubro de 2015 conta já com 2 singles de peso “Não Dá” e “Não faço Questão” com a participação especial do artista brasileiro Gabriel , O Pensador.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6436 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.