Salvador (Brel) Sobral encantou um CCB com lotação esgotada (C/Fotos)

O Grande Auditório do Centro Cultural de Belém, em Lisboa, recebeu, esta sexta-feira, Salvador Sobral.

Jacques Brel é dos expoentes máximos da intitulada ‘chanson française’. A palavra assume importância extrema e Salvador Sobral é um mensageiro nato, desde o início do seu percurso, valorizador da palavra (e da boa música, independentemente dos gostos).

E se Brel deixou cunho do cinema à música, foi a música de Brel que Salvador levou para o palco do CCB.

Neste espectáculo apenas cantou Brel. Esteve acompanhado por Samuel Lercher (piano), Nelson Cascais (contrabaixo), Joel Silva (bateria), André Santos (guitarra), Inês Vaz (acordeão), Diogo Duque (trompete e flautas) e Ana Cláudia Serrão (violoncelo).

Alinhamento:

1. J’Arrive
2. Quad on a que l’amour
3. Les Paumés du petin Matin
4.Isabelle
5.Le Moribond
6.Les Bonbons
7. Les Bourgeois
8. Mathilde
9. Amsterdam
10.Vesoul
11.Ces gens là
12.Bruxelles
13. La Chanson des vieux amants
14.Jef
15.La Chanson de Jacky

Encore
16.Ne me quitte pas
17.Au suivant
18.Madeleine

Fotografias: Carlos Pedroso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.