O Coliseu do Porto recebeu esta sexta-feira Sam The Kid, numa noite de verdadeira valorização das palavras e das emoções.

Um poema declamado pelo seu pai, uma orquestra e músicos dos Orelha Negra, temas que passaram em revista todo o seu trabalho discográfico e projectos que integrou e acima de tudo uma demonstração de poderio poético e emocional. Tudo isto aconteceu, esteve, no Coliseu.

Uma celebração de 20 anos de carreira, um regresso aos palcos em nome próprio que é uma estrondosa notícia para a música portuguesa.

A reportagem fotográfica por Filipe da Silva Coelho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.