Santa Casa Alfama: Beatriz Felizardo conquista o público alfacinha

Beatriz Felizardo apresentou-se no primeiro dia do festival Santa Casa Alfama, no palco Santa Casa Futuro, acompanhada dos músicos Pedro Henriques na guitarra portuguesa, João Filipe na viola e Paulo Paz no baixo.

A coruchense iniciou a sua actuação com uma canção de Amália Rodrigues, intitulada com o nome do famoso bairro Lisboeta.

Foi prometido ao Infocul.pt um repertório “de bom fado, tradicional e fado canção”, e a promessa foi cumprida.

Dedicou o tema “Tudo por Tudo” de Maria Fé aos apaixonados, e de seguida cantou o tema “Cigano” de Dulce Pontes.

Com o lançamento do seu mais recente trabalho “Fado Distraído” em Agosto deste ano, não pôde deixar de cantar alguns dos temas que lá se encontram como é o caso de, por exemplo, “Fadinho Triste” e “Fado Distraído”.

Era também imprescindível a presença do tema “Maldição”, sendo que esta foi a canção que a permitiu vencer a Grande Noite de Fado em 2016.

É como a fadista disse “Alfama não é Alfama sem uma marcha”, finalizou o seu pequeno espectáculo com “Lisboa à Noite” de Tony de Matos.

Após a sua despedida, pediu para que o público cantasse os parabéns ao músico Pedro Henriques.

 

Texto: Mariana Nave
Fotografias: Nuno Albuquerque

Mariana Nave

Em Fevereiro de 2019, começou a trabalhar com o projecto Infocul.pt, sendo este também o primeiro projecto com que colabora. Apesar de ainda não ter um longo percurso, continua a trabalhar sempre com o objectivo de melhorar as suas capacidades no ramo da comunicação social.

Mariana Nave has 9 posts and counting. See all posts by Mariana Nave

Mariana Nave

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.