De Outubro a Dezembro, são sete os espectáculos UAU a marcar na agenda. O ano de 2019 também já tem propostas.

 

 

Pela primeira vez em Portugal, a dupla Shane Dundas e David Collins apresenta LIVE, um espectáculo que o The New York Times descreve como “comédia sublime” e que o britânico The Observer aponta como sendo “assombrosamente habilidoso, físico e divertido”.

 

Conhecidos como The Umbilical Brothers, esta dupla transformou-se num verdadeiro fenómeno da comédia internacional, combinando habilidades vocais e físicas incríveis, nas áreas do teatro e do stand-up. Com eles, as regras são para ser quebradas, tornando cada espectáculo mais vibrante a cada nova improvisação. Este espectáculo é todo falado em inglês.

 

Teatro Tivoli BBVA 23 de Outubro | 21:30 Teatro Sá da Bandeira 24 de Outubro | 21:30 Teatro das Figuras (Faro) 25 de Outubro | 21:30 Preços entre 10€ e 20€ M/16

 

 

 

 

Dia 15 de Novembro, o Teatro Tivoli BBVA recebe o último concerto do ano do ciclo Clássicos da Avenida. Neste Concerto de Outono, a Orquestra Clássica do Sul, composta por músicos de catorze nacionalidades diferentes, interpreta composições de compositores como Soeiro, Saint-Saëns e Schubert, sob direcção do maestro titular, Rui Pinheiro, e com a violoncelista Irene Lima como solista convidada.

Teatro Tivoli BBVA 15 de Novembro | 21:30 Preços entre 12,50€ e 25€ M/6

 

 

 

 

Telmo Ramalho continua o seu périplo por Portugal, recordando um dos grandes mestres nacionais da comédia. Revisitando os seus monólogos mais hilariantes, como “É do Inimigo?” e “A Guerra de 1908” ou músicas como o “Malmequer” e o “Timpanas”, este antigo aluno presta tributo ao seu professor e amigo Raúl Solnado. É um espectáculo com muito humor e saudade, em que Telmo Ramalho evoca a memória do seu mestre, contando como encontrou nele a vontade, a força e a inspiração para ser actor.

Teatro José Lúcio da Silva (Leiria) 17 Novembro | 21:30 Preços entre 15€ e 18€ M/12

 

 

 

Após muita emoção, salas esgotadas pelo país e com um público ansioso por rever a história da vida e carreira de Simone de Oliveira, Simone- O Musical regressa ao palco a partir de dia 6 de Dezembro. Escrito por Tiago Torre da Silva, Simone- O Musical é um espectáculo biográfico que conta com a própria em palco, revivendo momentos marcantes, recordando amigos com saudade, partilhando os amores e desamores. Através de Sissi Martins e Maria João Abreu, revivem-se episódios da sua vida que, na verdade, são da vida de todos nós, como a chegada a Santa Apolónia após a sua emblemática participação no Festival da Eurovisão.

Elenco composto por Simone de Oliveira, FF, José Raposo, Maria João Abreu, Marta Andrino, Pedro Pernas, Ruben Madureira, Salvador Nery, Sissi Martins, Soraia Tavares.  Banda composta por Hélder Godinho (ass. dir. musical/piano), Miguel Amado (baixo/contrabaixo), Ricardo Barriga (guitarra), David Jerónimo (bateria)

Auditório dos Oceanos no Casino Lisboa | A partir de 6 de Dezembro 5.a a Sábado | 21:30 Domingos | 16:30 Preços entre 25€ e 27,5€ M/6

 

Com música de Pyotr Tchaikovsky, O Lago dos Cisnes, obra estreada em 1877 em Moscovo, no Teatro Bolshoi, conta a história de um príncipe que se apaixona por uma rapariga-cisne, destacando um tema importante nas artes do século XIX: os princípios complementares do bem e do mal, representados pela pureza do cisne branco e pela dualidade do cisne negro. A coreografia desta peça tem a assinatura de Marius Petipa e é um verdadeiro desafio para os bailarinos, uma vez que exige uma disciplina e técnica sem igual na interpretação dos movimentos dos cisnes. A interpretação é da companhia Russian National Ballet, de Sergei Radchenko.

Teatro Tivoli BBVA 7 de Dezembro | 21:30 8 de Dezembro | 16:00 e 21:30 Preços entre 17,5€ e 30€ M/6

 

 

 

 

O bailado Cinderela, com música de Sergei Prokofiev, estreou-se em 1945 no Teatro Bolshoi, com coreografia de Rostilav Zakharov e Galina Ulanova como protagonista. A história dos Irmãos Grimm faz parte dos contos tradicionais infantis e relata a vida de uma menina que foi transformada em criada pela madrasta e pelas suas filhas. CINDERELA é recompensada pela sua benevolência e beleza, tornando-se numa princesa, feliz para sempre. O destaque deste bailado foca-se, no entanto, nas suas irmãs, que ao contrário da história tradicional que todos conhecem, não são más, mas sim muito desastradas, conferindo a esta história um lado cómico. Este bailado, interpretado pela Russian National Ballet, está dividido em dois actos e conta com coreografia de Elena Radchenko

Teatro Tivoli BBVA 9 de Dezembro | 15:00 e 18:30 Preços entre 17,5€ e 30€ M/6

 

 

 

Luís de Matos regressa aos palcos nacionais para estrear o seu mais recente espectáculo, Luís de Matos Impossível ao Vivo. A seu lado terá Joana Almeida, a assistente de toda uma vida, e os Momentum Crew, o grupo português de breakdance com mais títulos na área. Como convidados, Yu Hojin, o jovem talento sul coreano conhecido pela destreza com cartas, o belga Aaron Crow, o “Mentalista Silencioso”, e a dupla nacional Tá na Manga, constituída por Pedro Teixeira e Gonçalo Jorge, premiados em vários festivais internacionais, nomeadamente no FISM World Championship of Magic, em 2012. Em Janeiro, o espectáculo parte em digressão mundial.

Teatro Tivoli BBVA 12 de Dezembro a 1 de Janeiro | 16:30 e 21:30 Preços entre 8,50€ e 24€ Sessões especiais para escolas (sob consulta) M/6

 

 

 

 

“O melhor espectáculo sobre Michael Jackson!”, afirmou Joseph Jackson, pai do cantor desaparecido em Junho de 2009. Estreado em 2010, Forever King of Pop já conquistou a Europa e América, provando que o Rei da Pop ainda está “vivo” na memória de todos. Uma homenagem à vida e carreira de Michael Jackson, Forever King of Pop privilegia a emoção, intensidade e ritmo que o mesmo colocava em cada concerto. Temas como Billie Jean, Beat It, Bad, I Want You Back, Smooth Criminal, Human Nature, Thriller, são cantados e tocados ao vivo, enquanto as coreografias são recriadas ao mais ínfimo detalhe. A memória de quem foi e é Michael Jackson em Forever King of Pop, o espectáculo a viver por qualquer fã. “Não se trata apenas do seu talento e da sua música em palco, mas sim do coração. Adorava ver este espectáculo na Broadway.”, sublinha La Toya Jackson.

Salão Preto e Prata do Casino Estoril 11 e 12 de Janeiro | 22:00 12 e 13 de Janeiro | 16:30 Preços entre 25€ e 45€ M/6

 

Irish Celtic é um Pub, em Cork, Irlanda. A sua história data do princípio dos tempos e no seu interior encerram-se lendas e objectos que testemunham a história da Ilha Esmeralda, do tempo dos druidas à migração do século XIX. Gerido por Paddy Flyn há demasiadas gerações, está na hora de Diarmuid, seu filho, assumir a gerência. Entre copos de cerveja e whisky e ao som de violinos, gaitas-de-fole, acordeões e das tradicionais flautas celtas (Tin Whistle), Paddy conta-lhe os segredos do povo Celta da Irlanda. Com coreografia de Denise Flynn e Jim Murrihy, ex-bailarinos de Lord of the Dance, Irish Celtic recria episódios desta cultura antiga mas ainda viva. Por isso, aceitem o convite, visitem Irish Celtic e conheçam Paddy e Diarmuid. Fiquem para uma bebida, a apreciar enquanto descobrem as tradições e lendas da Irlanda através das suas danças e canções tão famosas em todo o mundo. Sláinte!

“Irish Celtic é prova da vitalidade da cultura Celta”, Télé 7 Jours “Com Irish Celtic a dança irlandesa está longe de ser esquecida”, Aujourd’hui en France

Teatro Tivoli BBVA 13 a 17 Fevereiro Preços entre 10€ e 30€ M/6

 

 

 

 

Falar em Slava não é falar em palhaços com buzinas, quedas estudadas e trombetas no final da actuação. E esqueçam os cães amestrados a jogar futebol ou a ladrar resultados de pequenas somas. Falar em Slava é reverenciar a arte de clowning, a sua simplicidade e poesia sem palavras, capaz de maravilhar adultos e crianças, fundindo-os em momentos partilhados, onde a idade nada importa.

Multi-premiado, Slava Polin é considerado “o mestre russo que salvou o clowning” (The Evening Standard). A sua obra-prima, SLAVA’S SNOWSHOW, em digressão desde 1993, transporta-nos para um mundo imaginário, único e sem limites, no qual um pedaço de papel é capaz de desencadear tempestades de neve e no qual a noção do tempo é perdida pelo público que, após o final do espectáculo, permanece na sala a brincar com as irresistíveis e gigantescas bolas coloridas. É um mundo para todos nós, onde os sonhos se tornam realidade.

“Emocionalmente esmagador, revigorante, simplesmente delicioso. Leva-nos de volta ao inocente paraíso da nossa infância”, Financial Times. “Se apenas assistir a um espectáculo este ano, que seja Slava’s Snowshow. E leve a família!”, Daily Telegraph Review

Teatro Tivoli BBVA 28 Fevereiro a 17 Março Preço entre 15€ e 35€ M/6

 

 

 

 

 

Tango Pásion volta a Lisboa, onde estreia o seu novo espectáculo. Esperanza estará no Salão Preto e Prata do Casino Estoril de 7 a 10 de Março, seguindo em digressão mundial.

Nascido nos subúrbios de Buenos Aires, Argentina, no século XIX, o Tango é uma dança que combina a sensualidade com a sedução e uma certa tragédia com a elegância. Numa entrega absoluta dos corpos ao ritmo, numa química sem igual, o Tango não deixa ninguém indiferente. Muito mais do que uma simples postura precisa ou do que um passo estável, o Tango é sentimento e Património Imaterial da Humanidade.

Com direcção musical do maestro Gabriel Merlino e co-direcção artística de Graciela Garcia e Marcelo Barnadaz, a prestigiada companhia Tango Pasión, que conta já vários prémios, apresenta Esperanza, um novo espectáculo onde não podia deixar de se homenagear o incontornável compositor Astor Piazzola.

Salão Preto e Prata Casino Estoril 7 a 10 de Março M/6

 

 

 

 

 

 

Ritmo, percussão e muito humor numa junção única de criatividade, disciplina e entretenimento. Estrearam-se em Lisboa em Setembro de 2012 e partiram em digressão pela Europa e América do Sul.

Criados por Vincent Pausanias, experiente bailarino e coreógrafo francês, que assina a direcção artística e as coreografias, a par com Gilles Guenat e Jérémie Champagne, os TAP Factory são considerados a perfeita mistura de Stomp, Blue Man Group e Tap Dogs, destacando-se na arte do sapateado, que conciliam com a acrobacia aérea e forças combinadas.

“Exímios na arte do sapateado e da percussão”, La République du Centre. “Pés com vida própria!”, Le Républicain. “Conquistado pelos tambores explosivos de Tap Factory e, mais ainda, pelo seu sapateado”, La Dépèche du Midi

Teatro Tivoli BBVA 10 a 12 Maio Preços entre 10€ e 35€ M/6

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6659 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.