Sara Serpa e André Matos editam novo disco

all-the-dreams_sara-serpa

 

Sara Serpa e André Matos lançaram o segundo álbum de estúdio, “All The Dreams”, com o selo da norte-americana Sunnyside Records.  

 

 

Neste novo trabalho aprofundam o uso da língua portuguesa recorrendo ao uso de poemas de Álvaro de Campos (seguindo nessa viagem Pessoana), Luís Amaro e ainda letras originais quer de Matos, quer de Serpa. O novo álbum é uma afirmação reforçada da individualidade e originalidade destes dois músicos.  

 

 

O rigor dos arranjos, a criação de camadas sonoras, em que a voz e a guitarra se confundem, e a carga emocional dos poemas selecionados, revelam em Serpa e Matos uma contínua procura e empenho em assumirem a sua música de uma forma natural e honesta. 

 

 

A cantora e o guitarrista colaboram desde 2005. Juntos criaram uma identidade que combina a cultura portuguesa com a criatividade nova-iorquina. 

 

 

Este novo disco é o sucessor do aclamado “Primavera”, que saiu em 2014. A dupla continua a manter o entusiasmo da experimentação, refina os processos da criatividade em comunhão. Isto faz com que saiam canções que nos fazem sonhar com todos os sonhos. 

 

 

“Espelho”, “Story of a Horse” ou “Estado de Graça” são alguns dos temas já conhecidos que integram este novo registo da dupla que espalha magia, encanto e sintonia no trabalho que realizam. 

 

 

A dupla já actuou em países como o Brasil, Argentina ou Uruguai. Sara Serpa (nos últimos dois anos destacada pela prestigiada revista Downbeat como Rising Star Vocalist, numa votação dos críticos) e André Matos estão em ascensão na cena musical Nova Iorquina, sendo ambos músicos activos,  que têm vindo a colaborar colectiva e individualmente com músicos proeminentes como Ran Blake, John Zorn, Leo Genovese, Tony Malaby, Pete Rende, Thomas Morgan, Greg Osby, Danilo Perez ou Guillermo Klein.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.