Sociedade Recreativa Artística Farense é reconhecida como local de interesse histórico e cultural

SOCIEDADE RECREATIVA ARTÍSTICA FARENSE

 

 

A Câmara de Faro reconheceu, numa reunião que aconteceu no dia 08 de Janeiro, a importância da Sociedade Recreativa Artística Farense (SRAF) como entidade de interesse histórico e cultural.

 

 

 

Esta colectividade, que foi fundada em 1906, é um local único em Faro, tanto na vertente de programação de actividades culturais e recreativas como na manutenção de uma identidade transversal às componentes histórica, cultural e social.

 

 

 

A fundação da Sociedade Recreativa Artística Farense (SRAF) aconteceu em 1906, quando o Montepio dos Artistas sentiu necessidade de proporcionar aos seus associados outras atividades ligadas à cultura e ao recreio, fundando então a Sociedade Recreativa Artística Farense, cedendo-lhes parte das instalações (1º andar do n.º 10 da Rua do Montepio).

 

 

 

Tornou-se, assim, o palco para eventos de teatro, canto, dança, música, literatura e cinema. Para além destas, sempre se organizaram festas, convívios e reuniões sociais neste espaço. Reunia artesãos e artífices do concelho e tinha uma vertente eminentemente popular, em contraponto aos mais exclusivos Club Farense e Ginásio Clube de Faro.

 

 

 

Nos seus 111 anos de existência, esta associação contribuiu para o enriquecimento do tecido cultural do Município de Faro, facto reconhecido pela Câmara Municipal que lhe atribuiu no ano do seu centenário (2006) a Medalha de Mérito Municipal – Grau Ouro.

 

 

 

A Sociedade Recreativa Artística Farense é uma referência da cidade de Faro e dos seus habitantes e visitantes, o que levou a este reconhecimento por parte da Câmara Municipal. Esta decisão, que é baseada na publicação da Lei n.º 42/2017, de 14 de Junho, poderá ser consultada durante 20 dias.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 10/01/2018


About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

_