celina-da-piedade-17

 

Celina da Piedade apresentou ontem, 16 de Novembro, na Casa do Alentejo, o eu terceiro disco, “Sol”.

 

 

Neste seu terceiro disco, Celina da Piedade mantem a valorização do cancioneiro alentejano mas parte também em busca de outras sonoridades.

celina-da-piedade-13

 

No Salão Nobre da Casa do Alentejo e perante amigos, familiares ou simples admiradores, falou um pouco sobre este novo trabalho, por entre o visionamento de três videoclipes relativos a outros tantos temas deste disco, terminando com uma tertúlia de cante alentejano, algo que realizou durante muito tempo neste mesmo espaço, deixando expressa a vontade de em breve ali voltar com as tertúlias.

 celina-da-piedade-02

 

“Sol” apresenta dez canções que vão desde modas do cancioneiro tradicional alentejano como “Aurora tem um menino” e Altinho”, a alguns originais como “Assim sou eu” com letra de Antonio Avelar Pinho e musica de João Gil, “Acredito”, “Amores de Jericó”, “Segredo” com letras de Celina da Piedade e musicas de Alex Gaspar, “Canção de Nanar” com letra e musica de Teresa Gentil, ou versões como é o caso de “A linha e o linho” de Gilberto Gil. “Piedra y Camino”, um original de Atahualpa Yupanqui é cantado em português por Celina, a cantora que assina a letra e musica de “Neruda”

 celina-da-piedade-01

 

“Sol” contou com a participação de Alex Gaspar, António Bexiga, Carlos Menezes, Filipa Ribeiro, João Eleutério, Sebastião Santos, João Gil, Marco Pereira e Nilson Dourado na componente vocal e instrumental. A produção musica é de Celina da Piedade e Alex Gaspar, sendo a produção executiva de Alex Gaspar. João Gil foi o produtor musical convidado.

 celina-da-piedade-08

 

O disco é editado pela Sons Vadios e conta com o apoio da Antena 1 e da Associação Mutualista do Montepio.

celina-da-piedade-10

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6322 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.