Três noites e um final de tarde para ouvir alguma da melhor música moderna portuguesa. É o regresso, a fechar o mês de Abril, do Sonoridades que ‘fica em cartaz’ até 3 de maio, fazendo convergir para o mesmo palco Filipe SambadoHomem em CatarseS. Pedro Márcia.
 

Com três álbuns no currículo, entre os quais “Revezo”, publicado no final de Janeiro, Filipe Sambado marca o arranque de mais este ciclo de quatro concertos. Apresenta-se na noite de 30 de Abril no auditório do Centro Cultural Municipal de Vila das Aves com a irreverencia que se lhe reconhece e disco novo onde a ideia de folclore não encontra resistência na canção pop.
 
No feriado de 1 de Maio, o palco fica por conta do projecto Homem em Catarse, alter ego do guitarrista Afonso Dorido, também ele com álbum novo, publicado em Janeiro deste ano, e cujo single de apresentação, “Yo La Tengo”, diz muito dos seus gostos e influências. Música assente no som da guitarra elétrica, em riffs ou melodias que exploram o eco ou a distorção, com laivos de piano e electrónica à mistura.
 
Na terceira noite do Sonoridades, encontro com Pedro Pode; apresenta-se como S. Pedro e o seu mais recente álbum, “Mais Um”, fez jus à ideia contrária do título, ao distinguir-se como um dos melhores discos de (requintadas e orelhudas) canções publicado em 2019.
 
No final de tarde de domingo, 3 de Maio, o Sonoridades despede-se com chave-de-ouro com o concerto a solo, e muito especial, de Márcia; uma das mais talentosas escritoras de canções da atual música portuguesa. “Vai e Vem” o seu mais recente álbum (publicado em 2018) é, a todos os títulos, sintomático da luminosidade singular dos seus temas e foi considerado pela critica como um dos discos mais importantes da década.

Filipe Sambado

30 Abril | 22:00

Homem em Catarse

01 Maio | 22:00

S. Pedro

02 Maio | 22:00

Márcia

03 Maio | 18:30

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.