Teatro Municipal do Porto retoma programação em Setembro e integra na nova temporada os espectáculos não apresentados entre Março e Julho de 2020

O Teatro Municipal do Porto (TMP) vai regressar à sua actividade em Setembro, integrando na nova temporada todos os espectáculos não apresentados entre Março e Julho de 2020, período durante o qual a programação fica suspensa devido à pandemia por COVID-19.

Depois de o Município do Porto ter determinado, no início do mês de Março, o encerramento de teatros e museus, o que incluía o cancelamento da agenda de programação do Teatro Municipal do Porto, os 22 espectáculos e concertos que estavam agendados para este período serão integrados na próxima temporada 2020/2021, abrangendo os projectos que seriam apresentados no TMP no âmbito do Festival Dias da Dança.

O Teatro Municipal do Porto assume assim a totalidade dos compromissos com artistas e companhias, salvaguardando desta forma o reagendamento de toda a programação anunciada e indo ao encontro das expectativas dos artistas e do público.

Nestes reagendamentos estão contempladas as estreias de vários espectáculos nacionais, como “Estro/Watts – Poesia da Idade do Rock”, do Teatro Experimental do Porto em colaboração com o músico Paulo Furtado (7 e 8 de novembro de 2020); “Noite de Primavera”, do Teatro Nova Europa (21 a 24 de janeiro de 2021, como parte integrante do 89º aniversário do Rivoli) e “Lágrimas de Crocodilo”, dos Jovens Artistas Associados do TMP, Guilherme de Sousa e Pedro Azevedo (Dezembro 2020, no âmbito do Foco Famílias).

Relativamente aos espectáculos internacionais, foram atribuídas novas datas às estreias em Portugal de “Canzone per Ornella” e “Postcards from Vietnam” (14 e 16 de Janeiro de 2021, Teatro Rivoli), do coreógrafo alemão Raimund Hoghe; e de “For four walls”, “RainForest” e “Sounddance”, programa apresentado pelo CCN – Ballet de Lorraine em comemoração do 100º aniversário de Merce Cunningham (11 e 12 de Junho de 2021). Anne Teresa de Keersmaeker – coreógrafa e fundadora da companhia belga Rosas – também regressará ao Rivoli em 2021, nos dias 12 e 13 de Março, bem como o marionetista francês Renaud Herbin, que apresentará “L’écho des creux (Eco oco)”, em data a anunciar. A peça do suíço Martin Zimmermann, “Eins Zwei Drei”, é a única excepção, transitando para a temporada 2021/2022.

“Ready”, da companhia de circo contemporâneo Erva Daninha (18 e 19 Setembro de 2020), e “Pour le meilleur et pour le pire” , de Cirque Aital (30 de Junho de 2021) – inicialmente programados no âmbito do Trengo – Festival de Circo do Porto –, assim como “Boas Memórias”, de Patrícia Portela (Dezembro de 2020, também no âmbito do Foco Famílias), e “Passos em Volta”, da companhia João Garcia Miguel (em data a anunciar em Março de 2021), são outros espectáculos com apresentações na próxima temporada do TMP.

No que toca à música, Capicua apresenta o seu mais recente álbum “Madrepérola”, no dia 24 de Outubro deste ano. Já Pedro Tudela e Miguel Carvalhais regressam para um concerto no “Understage”, no dia 29 desse mesmo mês.

A KISMIF Conference, que estava agendada para Julho, foi adiada para o próximo ano. Organizado pelo Instituto de Sociologia da Universidade do Porto (IS-UP, Portugal) em parceria com a Câmara Municipal do Porto, o encontro bienal que visa debater e partilhar questões relacionadas com as culturas underground e as práticas DIY (Do-it-Yourself), realizar-se-á nos dias 6, 7 e 8 de julho de 2021, no Teatro Rivoli.

Os ciclos mensais da programação do TMP, como as Quintas de Leitura, Modos de Ocupar e Cafés Literários, assim como os projectos desenvolvidos em parceria com a Matéria Prima, Lovers and Lollypops e Amplificasom (Understage), Companhia Instável (Palcos Instáveis), Medeia Filmes (Ver Primeiro), Universidade Lusófona do Porto (Olhares da Terra) e Curso de Música Silva Monteiro (Novos Talentos), continuarão a sua programação regular a partir do mês de Setembro, tal como todas as actividades paralelas aos espectáculos.

“A preocupação do Teatro Municipal do Porto é (e será sempre) o trabalho desenvolvido pelos artistas, garantindo neste momento complicado das suas vidas os compromissos previamente acordados e salvaguardando que o seu trabalho artístico possa ser apresentado, num futuro próximo, nas melhores condições possíveis. O TMP procura, assim, dar as ferramentas necessárias para que o processo de criação possa continuar, num diálogo direto e cúmplice com artistas, companhias, parceiros e público”, afirma Tiago Guedes, diretor artístico do Teatro Municipal do Porto.

Festival DDD confirma datas para 2021

Dadas as circunstâncias, a 5.ª edição do DDD – Festival Dias da Dança foi cancelada. A organização já contactou todos os artistas e todas as companhias para a realização de uma edição em 2021, que garanta que os espetáculos previstos na edição de 2020 se realizam no próximo ano.

Da programação proposta para este ano, sete dos espectáculos iriam decorrer no Teatro Municipal do Porto, a saber: “Marry Me in Bassiani”, do coletivo francês (La)Horde; “Augusto”, de Alessandro Sciarroni (distinguido em 2019 com o Leão de Ouro da Bienal de Dança de Veneza); “Saison Sèche”, da artista pluridisciplinar francesa Phia Ménard; “Geração 0.1”, da performer, coreógrafa e escritora Sónia Baptista; “Hark!”, da dupla Luísa Saraiva e Senem Gökçe Ogultekin; “Princess”, da bailarina filipina Eisa Jocson; e “North Korea Dance”, que marcará o regresso ao Porto da coreógrafa sul-coreana Eun-Me Ahn, todos reagendados para a edição de 2021, que irá decorrer entre 15 de abril e 2 de maio.

A actividade do Teatro Municipal do Porto será retomada em Setembro de 2020, caso as regras sanitárias impostas na ocasião assim o permitam. Todos os bilhetes adquiridos para os espectáculos que seriam apresentados entre os meses de Março e Julho de 2020 são válidos para as novas datas anunciadas.

Para mais informações sobre questões de bilheteira, é possível contactar o TMP através do e-mail bilheteira.tmp@agoraporto.pt.

 

Fonte: C.M.Porto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.