Titica: A Diva do Kuduro chega a Portugal

titica

 

 

 

Titica é uma das mais controversas e amadas cantoras angolanas, tendo sido mesmo referida como uma das artistas mais interessantes de África pelos Kora Awards, e chega agora a Portugal vim um novo single, “Docadó”,  que conta com a participação de Osmane Yakuza, da Costa do Marfim.

 

 

 

 

Titica chega agora a Portugal depois de uma pequena viagem ao Brasil onde gravou nos estúdios da Redbull um tema original com os Baiana System que será apresentado ao vivo no Rock in Rio no próximo mês de Setembro. Titica é a primeira artista angolana a ser convidada para pisar aquele que é um dos maiores, melhores e mais cobiçados palcos do mundo.

 

 

 

 

Só que o seu caminho nunca foi fácil. Titica assumiu-se como transexual e apesar da controvérsia comoveu e conquistou o respeito da sociedade e do meio musical angolano graças à sua perseverança, força e talento.

 

 

 

 

Quando em 2011 editou o seu álbum de estreia com o single “Chão”, tornou-se claro para todos que a nova diva do Kuduro tinha nascido. O tema foi a canção de Kuduro mais tocada de sempre e valeu a Titica o prémio de melhor cantora de Kuduro de 2011, para além de tours pelos Estados Unidos da América e Europa.

 

 

 

 

Desde então a artista tem feito várias incursões de sucesso pelo semba e kizomba, lançando mais dois álbuns, “Olho Boneco” de 2013 e “De ultima a primeira” de 2014.

 

 

 

 

Em 2015 foi reconhecida na África do Sul com o prémio “African Feather of the year” (Trans mais respeitada de África) por ser a artista que mais tem lutado para promover e defender os direitos humanos e a inclusão das pessoas da comunidade LGBT. Nesse mesmo ano vê um dos seus temas ser agraciado como o “Melhor Semba do ano” mas continua a ter no Kuduro o seu grande amor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.