A Praça de Touros de Nisa acolheu este sábado, 4 de Agosto, uma corrida de touros dedicada ao Emigrante. Em praça estiveram os cavaleiros Tito Semedo, Francisco Cortes, Paulo Jorge Santos e Tiago Carreiras. Touros da Ganadaria São Martinho. Pegaram os Forcados Amadores de Coruche e Monforte.

 

 

 

Numa noite de temperaturas acima dos 40C, Paulo Jorge Santos foi o autor da melhor lide da noite, ao terceiro touro.

 

A corrida iniciou com uma lide a duo de Tito Semedo e Tiago Carreiras. Uma lide pouco conectada e de interacção quase nula. Melhor Tito Semedo, com cravagens a preceito. Tiago Carreiras esteve irregular. Pegou Pedro Coelho, por Coruche, à primeira tentativa.

 

Francisco Cortes teve por diante um touro que cedo se rachou em tábuas e complicou a lide do cavaleiro. Lide de muita garra, muito labor, mas pouco profícua e sem nenhum brilho. Pegou à primeira Gonçalo Pimenta, pelos Amadores de Monforte.

 

Paulo Jorge Santos conseguiu, com muitos pontos de distância, a melhor lide da noite. Bem na brega, na escolha dos terrenos e na cravagem dos ferros. Para o final da lide deixou dois violinos de boa nota, numa altura em que a lide já estava num nível elevado, tendo em conta as restantes. Pegou à primeira tentativa, Roberto Graça, pelos Amadores de Coruche.

 

Tito Semedo conseguiu uma lide agradável e mostrando qualidade sem contudo romper. Destacam-se dois curtos de boa nota. Pegou João Rodrigo, à segunda tentativa, pelos Amadores de Monforte.

 

O touro destinado a Tiago Carreiras saiu debilitado à arena sendo mandado recolher pelo director de corrida, Marco Gomes.

 

A segunda lide a duo, da noite, esteve a cargo de Francisco Cortes e Paulo Jorge Santos, que saiu mais ligada e com melhor ritmo que a primeira. Melhor Paulo Jorge Santos, embora haja a destacar bons ferros dos dois cavaleiros. José Chamorra dobrou Henrique Pinheiro à quarta tentativa, depois de José Pinheiro sair combatido da terceira tentativa.

 

Tiago Carreiras fechou as actuações com uma lide em crescendo e onde pecou por aceder ao pedido do público em cravar mais um ferro. Até aí e apesar de um ou outro percalço esteve bem embora denotando falta de corridas. Pegou Fábio Casinhas à primeira tentativa.

 

Os touros São Martinho saíram a pedir contas e com cavaleiros mais creditados teriam dado mais do que na verdade deram. Esta corrida marcou o regresso das corridas de touros a Nisa, depois de algumas temporadas nas quais não se realizaram.

 

Dirigiu a corrida, com acerto, Marco Gomes, assessorado pelo médico veterinário João Candeias. A Praça de Touros de Nisa registou meia casa de entrada.

 

 

 

Texto: Rui Lavrador
Fotografias: Hugo Calado/TOUREIO.PT

 

Reportagem fotográfica completa AQUI

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6323 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.