UAU anuncia ‘Piaf! The Show’ e Ara Malikian no Casino Estoril, em 2019

 

 

 

A produtora UAU acaba de anunciar dois espectáculos que trará a Portugal em 2019! Em Abril e Maio, no Salão Preto e Prata do Casino Estoril: Piaf! The Show e Ara Malikian.

 

 

 

Piaf! The Show celebra o centésimo aniversário do nascimento de Édith Piaf. Através de canções, escritas para ela e muitas por ela, como La Vie en Rose, Mon Légionnaire, Jezebel, La Foule, Hymne à L’amour, Milord, Non, Je Ne Regrette Rien, entre muitas outras, a vida e carreira de Piaf é percorrida pela voz de Anne Carrere, uma jovem actriz francesa apaixonada pela chanson française, num cenário que recorda a Paris do século XX.

 

 

Édith Piaf (1915-1963) nasceu Edith Giovanna Gassion, em Paris. Com uma infância sofrida, cedo começou a cantar pelas ruas, onde a apelidaram de “piaf”, o pardal. Em 1935, Louis Leplée, dono do cabaret Le Gemy’s, descobriu-a na rua e contratou-a. Ensinou-lhe a estar em palco, a enfrentar a timidez e sugeriu-lhe que se vestisse de preto, o que se tornou a sua imagem. Na noite de estreia, foram muitas as celebridades presentes, entre as quais Maurice Chevalier e Mistinguett. Gravou o primeiro disco em 1936 e sua carreira não mais parou, tornando-se um ícone da chanson française. Ao longo da sua curta vida, foram inúmeras as colaborações com grandes artistas, alguns dos quais ajudou no início de carreira, como Marguerite Monnot, Raymond Asso, Yves Montand, Charles Aznavour (que começou por ser seu secretário), Georges Moustaki, Gilbert Bécaud, Jacques Pills, Jacques Plante, Francis Lemarque, Jacques Prévert, entre outros. Após a Segunda Grande Guerra, a sua fama chegou aos Estados Unidos, confirmando-a como estrela internacional capaz de esgotar o Carnegie Hall, na década de 50. Morreu em 1963 mas a sua música permanece presente, confirmando-a como uma das grandes divas da música mundial.

 

 

O espectáculo sobe a palco no dia 6 de Abril, pelas 22:00, no Salão Preto e Prata, do Casino Estoril.

 

 

De origem libanesa e ascendência arménia, Ara Malikian é um dos mais virtuosos violinistas da actualidade. Aos 50 anos de idade já gravou mais de 40 discos, formou uma orquestra e participou na produção de inúmeros espectáculos. Na vida, que se funde com a carreira, rege-se por duas premissas de que não abdica: a música é para todos e todos devem ter-lhe acesso, quer seja clássica, quer seja popular; a música está em constante mutação, devendo absorver sonoridades de diferentes culturas, assimilando-as para a sua própria linguagem e composições.

 

 

Intérprete mas também compositor, Ara Malikian começou a tocar influenciado por seu pai aos 3 anos de idade. Apesar da infância vivida em plena guerra civil libanesa, o talento de Ara Malikian permitiu-lhe acesso a prestigiadas escolas europeias, tendo tido lições com professores de renome. Nome de prestígio mundial, Ara Malikian já se apresentou por todo o mundo, a solo ou a convite de diferentes artistas, compositores e orquestras.

 

 

De regresso a Portugal, Ara Malikian traz consigo A Icrível Digressão Mundial do Violino. Com salas esgotadas em todo o mundo, este projecto conta a história do violino de Ara, desde os primeiros acordes tocados, à descoberta de Paganini e às incursões pelos ambientes rock e pop.

 

O espectáculo estará em palco, no Salão Preto e Prata, do Casino Estoril, nos dias 10 e 11 de Maio, pelas 22:00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.