12605385_1070877366285390_6270657144973337366_o

 

“Mediterrâneo” é o primeiro álbum do cantautor Português Valter Lobo. Este primeiro trabalho saiu a 30 de Setembro e desde então tem sido muito bem recebido pelo público e critica especializada que seguia de perto o trabalho do cantautor e advogado nortenho desde que este integrou o grupo de Novos Talentos Fnac 2012.

 

 

 

Foi em 2012 que deu a conhecer o seu trabalho ao mundo. Tudo iniciou-se com um conjunto de cinco temas, que perfizeram “Inverno Ep” em 2012, com uma grande componente lírica e um cunho português fortemente marcado e que pode ser encontrado ao longo das nove faixas que fazem parte do disco Mediterrâneo”, lançado em Setembro deste ano.

 

 

De 2012 para cá, Valter Lobo apresentou-se ao público em vários concertos ao vivo, participou no “Singersongwriter International Competition”, sendo o único artista a cantar em português. Também alcançou o primeiro lugar do top da Antena 3, onde permaneceu durante várias semanas, com o tema “Pensei que fosse fácil”.

 

 

Em 2013 acompanhou Scott Matthew nos concertos de Misty Fest em 2013 (CCB, Casa da Música). As reacções que recolheu durante as suas apresentações ao vivo fizeram com que se afirmasse como um artista genuíno, com uma identidade vincada e capaz de dar continuidade à senda de outros históricos cantautores portugueses como Zeca Afonso.

 

 

As apresentações ao vivo de Valter Lobo fizeram com que cimenta-se o seu trabalho como cantor e autor que pode ser visto neste primeiro álbum. No disco “Mediterrâneo” a melancolia lusitana é uma constante desde o primeiro tema “P’ra sentir mais dou de mim mais”, o primeiro tema do disco, até “Quem me dera”, música que encerra este álbum que é composto por nove temas, todos escritos pelo cantautor.

 

 

A primeira música deste trabalho é  “P’ra sentir mais dou de mim mais”. Este tema faz-nos evocar o passado. É como se fosse uma foto antiga de um retiro de férias ao qual nunca mais regressamos mas guardamos a recordação daquele para maravilhoso. Mas o verão e temos que enfrentar o frio do inverno mas, como Valter Lobo diz neste tema, temos que “fazer as pazes com o inverno”.

 

 

A passagem do Inverno para um clima mediterrânico acontece na música que dá o nome ao disco é o segundo tema do mesmo. “Mediterrâneo” funciona como uma homenagem do cantautor ao “mare nostrum”, já cantado pelos poetas latinos, e as suas gentes e culturas. Trata-se de um local mágico ao qual conseguimos chegar através da voz calma de Valter Lobo e do instrumental que está a cargo de Jorge Moura, na guitarra atmosférica, e Tiago Borges, sopros.

 

 

“Oeste”. O início desta música leva-nos a fazer uma viagem pelo oeste. Neste tema Valter Lobo reafirma a sua forte ligação à terra. Esta é reforçada em outros temas presentes ao longo do disco.

 

 

“Tenho saudades” fala de um dos sentimentos mais tipicamente português, a saudade. A saudade do que passou é cantada na voz melancolia de Valter Lobo mas a esperança no futuro é a mensagem que se pode guardar desta música.

 

 

Para além da saudade, outro dos sentimentos que é cantado em “O governo não sabe do amor” são os diferentes tipos de amor que podem existir. Estes são alguns dos nove temas originais compilados neste trabalho conceptual que finaliza com o tema “Quem me dera”.

 

 

Em “Mediterrâneo” Valter Lobo faz, sem colocar de parte uma melancolia inata, uma aproximação ao calor humano e ao mundo, na busca de um clima mais ameno e apaziguador, despido de materialismo e onde os bens essenciais a uma sobrevivência saudável que, para o cantautor, resume-se a uma proximidade com o mar e com aqueles de que mais gostamos. Desta forma e ao longo de trinta e oito minutos, tempo de duração do disco, esquecemo-nos que estamos em pleno inverno e voltamos a abraçar a o calor e a tranquilidade que este “Mediterrâneo” nos traz.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.