Visita às reservas do Museu do Oriente

No dia 28 de Abril, às 15:00, poderá visitar as reservas da colecção Kwok On e conhecer as xilogravuras da China, do Japão e do Vietname, e a sua história, técnicas e temas no Museu do Oriente.

 

 

A cópia por decalque e a ampla distribuição de textos epigráficos e dos relevos sagrados, outrora restritos aos suportes de pedra, surge na China com a introdução do papel. A pedra esculpida foi substituída por outros modos de compor imagens, como os murais pintados e as matrizes de madeira – que também podem ser vistas durante esta visita, a par de inúmeras gravuras.

 

 

A versatilidade da xilogravura enquanto meio de reprodução de imagens permitiu a sua difusão e consolidação de identidades culturais, consoante os territórios. Para ilustrar esta diversidade, os participantes nesta visita terão acesso às reservas da colecção Kwok On, um dos principais acervos do Museu do Oriente. Trata-se de uma colecção etnográfica que documenta formas de teatro, artes performativas e géneros narrativos asiáticos que transmitem os mitos, as histórias e os relatos da cultura, comuns às grandes civilizações asiáticas.

 

 

É composta por trajes, máscaras, instrumentos musicais, teatros de marionetas, pinturas e gravuras, mais concretamente, xilogravuras. A colecção foi doada à Fundação Oriente pelo sinólogo Jacques Pimpaneau em 1999, compreendendo cerca de dez mil peças, situadas temporalmente entre os séculos XIX e XX. Desde então, a Fundação Oriente tem vindo a dar continuidade à colecção Kwok On que integra actualmente mais de 13.000 objectos, organizando exposições em torno dos seus vários núcleos temáticos. Esta visita dará a conhecer uma parte das xilogravuras asiáticas da colecção, bem como instrumentos usados na sua produção.

 

 

“A xilogravura na colecção Kwok On” pode ser visitada no dia 28 de Abril, quinta-feira, das 15:00 às 17:00. O preço do bilhete é de 12,00€ e a visita é indicada a maiores de 16 anos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.