Visita guiada e gratuita no Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida

No próximo domingo, dia 17 de Novembro, às 11:00, José Alberto Ferreira, Director Artístico do Centro de Arte e Cultura, faz uma visita guiada à exposição Boundless objects [Objetos sem limites]. A visita tem a duração de uma hora e é gratuita.

Situada na intersecção da arte, da filosofia, da ciência e da tecnologia, a exposição Boundless Objects [Objetos sem limites] procura reunir práticas de arte contemporânea que interrogam as diferentes dinâmicas em que os objectos emergem e se transmutam.

Tanto vivos como não-vivos, os objectos são aqui vistos como forças, conexões, intercâmbios, transformações e fluxos, tornam-se sem limites.

Corpos de animais tornam-se corpos de árvores, líquidos tornam-se cristais, o corpo humano torna-se num conjunto de dados, uma semente torna-se numa planta, uma larva torna-se numa mosca, objectos virtuais transitam para o mundo material, com a ajuda dos nossos corpos ou de impressoras 3D; objectos sólidos dissolvem-se, desintegram-se ou tornam-se flexíveis; podem invadir os espaços e assombrar-nos, avisar-nos, ou apenas fazerem, talvez, o que entenderem.

Eles afectam-nos tanto quanto nós os afectamos.

Integrada na programação para 2019-2020 do Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida, a exposição questiona o modo como os objectos emergem nas suas constantes transfigurações, ensaiando uma aproximação à natureza dos objectos enquanto realidade instável.

Com curadoria da polaca Monika Bakke, professora de Estética na Universidade Adam Mickiewicz e amplo percurso internacional, Boundless Objects apresenta obras de 12 artistas oriundos de quatro continentes: Ana Leonor Madeira Rodrigues (PT), Ana Rewakowicz (PL), André Sier (PT), Erica Seccombe (AU), Izabella Gustowska (PL), Jennifer Robertson (AU), Kathy High (US), Marek Wasilewski (PL), Marta de Menezes (PT), Nikolaus Gansterer (AU), Piotr Bosacki (PL) e Renata Rosado (BR).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.