Xmas In The Night 2019: Fernando Santos, Couves de Bruxelas e um Urso meteram a Altice Arena em gargalhadas

Portugueses de Norte a Sul do País juntaram-se em Lisboa para assistir, no passado dia 21 de Dezembro, no palco da Altice Arena a equipa das Manhãs da Rádio Comercial. Este ano, o espectáculo teve uma reviravolta: a Lisbon Film Orchestra acompanhou este espectáculo, dando um novo toque e elegância à performance de Vasco Palmeirim, Nuno Markl, Vera Fernandes e Pedro Ribeiro.

A sala de espectáculos encontrou-se esgotada, onde os miúdos e graúdos se juntaram. Muitos vêm por tradição, acompanhados de familiares e amigos, e a pedido da Rádio vinham vestidos a rigor, com objectos alusivos ao Natal.

Vasco Palmeirim revelou ao Infocul antes do espectáculo que estava muito contente com o trabalho que se fez. Com muito amor e após três longos meses de preparação, estava à espera que todas as condições se reunissem para um bom espectáculo.

Juntar a banda Sinfónica foi uma ideia que apareceu no contexto de fazer algo diferente dos costumes espectáculos, não sendo muito divergente em relação ao normal conteúdo da Comercial. Já que a Rádio Comercial é a Rádio oficial da Lisbon Film Orchestra não faria sentido senão trabalhar com esta para o espectáculo.

Estão prontos para cantar connosco?” Diziam Wilson Honrado e Elsa Teixeira, que começaram a aquecer a plateia antes de se iniciar o espectáculo.

Apagaram-se as luzes, e os ecrãs passam a mostrar um vídeo de apresentação. Este retratou um sonho de Markl (contado pelo próprio), onde teve um pouco de tudo: de um solo de pratos à intervenção de um urso. Assim que Nuno ia contando, os eventos iam acontecendo, sempre com a ajuda da plateia.

Assim que a equipa entrou em palco, todos aplaudiam a sua presença. Começaram então a sua actuação com o “Número de Abertura”. Esta canção falava sobre o conceito destes espectáculos feitos pela Comercial e como têm progredido ao longo dos anos.

De seguida, a canção “Ispantosa” ouvia-se pela Altice Arena, e este número retrata uma relação em que o conflito é a questão da beleza da mulher.

Um dos amigos da Rádio Comercial, Ricardo Araújo Pereira, juntou-se à festa, tendo feito uma pequena entrevista a Fernando Santos, “O melhor seleccionador do mundo”. Este queria fazer algo que não desse muito trabalho, tendo interrompido um jantar de natal do convidado especial.

Após o Engenheiro sair com pressa do palco, o instrumental de “Bailando” de Enrique Iglesias invadiu a Altice Arena, onde invés de “Bailando”, ouvia-se “Fernando”. A música foi reescrita pela Equipa das Manhãs em 2014, como um voto de confiança no seleccionador para o restante Euro 2016.

Chegou a vez de Markl. Com toda a confiança e com gargalhadas pelo meio, apresentou a sua rubrica já habitual nas Manhãs “O Homem Que Mordeu O Cão”. Graças ao sucesso desta rubrica, o locutor fez um jogo com os mesmos princípios para que todos se pudessem divertir contando histórias absurdas.

Markl decidiu ler uma das suas mais populares histórias. Esta era um comentário sobre um creme depilatório, que se encontrava à venda na Amazon. A história incluiu pelo meio couves de Bruxelas e gelado de morango, sendo que o creme “remove pêlos, dignidade e autoestima”.

Após terem chamado um casal ao palco, que se encontrava junto menos de um ano, Vasco Palmeirim revelou uma das regras essenciais numa relação: “Não Fales das Tuas Ex”. Escusado será dizer que com uma lição, vem uma canção.

Tou Preguiçoso” é uma das músicas feitas pela Equipa em relação ao regresso ao trabalho. Esta foi acompanhada por Nuno Markl a dançar para o público, deixando uns constrangidos e outros numa risada interminável.

Ao longo do espectáculo, cada um dos participantes daquela equipa foi contando a sua relação com a Rádio Comercial, mas todos eles tiveram algo em comum: o amor pelo seu trabalho e dedicação pelo entretenimento das manhãs dos Portugueses.

A Equipa tocou também num tema fulcral na sociedade Portuguesa: A “Demissão” de José Sócrates. A canção foi também ilustrada pelos já conhecidos rabiscos do Nuno Markl.

Continuando no tema da política, a música de Bruce Springsteen “Born in the USA” fora mudada para “Celo in the USA”, contando a jornada de Marcelo Rebelo de Sousa na Casa Branca, no seu encontro com Donald Trump.

Theresa May” também não faltou neste espectáculo. A música que foi feita para animar a ex-Primeira Ministra da Inglaterra animou também muito o público. Todos saltaram, fazendo a sala de espectáculos estremecer.

Já Vi a Casa de Papel” teve direito a uma renovação, sendo que algumas das séries foram mudadas para outras mais recentes. Ao instrumental de Carolina Deslandes, Vasco e Nuno cantam sobre uma relação em que ambos acompanham séries sem o outro.

Para “acabar” o espectáculo, foi feito um medley de canções portuguesas, em que diversos artistas participaram. “Não Posso Mais” de Pedro Abrunhosa foi cantada pela Equipa. De seguida Tiago Bettencourt apareceu em palco para cantar “Eu Tenho Dois Amores” de Marco Paulo. Áurea também apareceu com “Coração de Papelão” de José Cid e Carolina Deslandes com “Deixa-me Rir” de Jorge Palma. António Zambujo cantou “A Bela Portuguesa” e Dino d’ Santiago cantou “Chico Fininho”. Ana Bacalhau foi a última convidada da noite com “A Minha Casinha” de Xutos e Pontapés.

Após a despedida e saída de todos que estavam em palco, nos ecrãs apareceu uma mensagem, que comunicava que uma das rubricas da Rádio “Eu É Que Sei”, que é dedicada aos mais pequeninos, tinha sido feita antes do espectáculo. A pergunta era “O que achas da Rádio Comercial?”, e passaram um vídeo que mostrou as respostas das crianças à questão.

A rubrica “New York, New York” inspirada na canção de Frank Sinatra, é também uma das mais importantes nas Manhãs. Após a reentrada da equipa, foi dedicada à cidade de Lisboa, ao som ao vivo da Lisbon Film Orchestra, dando-lhe um novo brilho.

O momento mais esperado chegou. Em homenagem à época em que nos encontramos, “Dialectos de Manjedoura (Jesus de Nazaré)” foi cantada e dançada por todos os presentes.

Terminando finalmente o espectáculo, no fim de três curtas horas, “Jessica Beatriz” foi o último tema da noite, acompanhado pelas luzes do público.

Entre agradecimentos e desejos de um feliz Natal, Pedro Ribeiro revelou que o próximo espectáculo na Altice Arena será em 2020, a 19 de Dezembro.

Mariana Nave

Em Fevereiro de 2019, começou a trabalhar com o projecto Infocul.pt, sendo este também o primeiro projecto com que colabora. Apesar de ainda não ter um longo percurso, continua a trabalhar sempre com o objectivo de melhorar as suas capacidades no ramo da comunicação social.

Mariana Nave has 26 posts and counting. See all posts by Mariana Nave

Mariana Nave

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.