Sexta-feira, Outubro 22, 2021

Desconfinamento: “Continue a apostar na masturbação, nos brinquedos eróticos e no sexo à distância”

Aproveite o impulso primaveril para puxar as brasas à sua relação, agora que o confinamento está a chegar ao fim. Deixe para trás os tempos difíceis de reclusão e renove os laços do amor com cinco dicas essenciais.

Chegou uma das épocas do ano mais aguardadas. Depois do tempo frio e de meses de confinamento pandémico, a primavera traz dias solarengos e o despertar da natureza, com potencial para influenciar os humores e ajudar a encarar os desafios do momento.

Este é, por isso, um tempo de esperança, renascimento e, também, de maior disponibilidade para o amor, com oportunidades em termos afetivos e sexuais. No entanto, se está solteiro/a, Irina Marques, especialista em Sexologia Educacional e diretora da Flame Love Shop, recomenda “manter todos os cuidados e não entrar em devaneios. Continue a apostar na masturbação, nos brinquedos eróticos e no sexo à distância para evitar quaisquer riscos desnecessários”.

Já para quem tem parceiro fixo, o tempo é de olhar para o estado da relação e de reanimar a chama que pode ter ficado abalada entre as rotinas e as ansiedades do tempo de reclusão. “Lembre-se que uma relação plena depende do diálogo e do respeito pela individualidade e vontades de cada um. Por isso, comece por aí, por expressar os seus sentimentos e ouvir o que o outro tem a dizer, até porque, muitas vezes, ambos querem o mesmo, mas simplesmente não o sabem”, sublinha a especialista.

Para atear a chama do amor e desconfinar a relação, Irina Marques deixa algumas dicas essenciais:

1. Abra o coração e saiba ouvir o do outro

Diga abertamente o que sente e o que quer em termos afetivos e sexuais, mas saiba também ouvir os anseios do outro. Lembre-se que uma relação saudável evolui com o tempo e aprende a equilibrar vontades.

2. Reconheça os erros e coloque-se na posição contrária

Não se concentre apenas nas falhas do seu/sua parceiro/a. Olhe para o seu interior, coloque-se na posição do outro para melhor compreender a situação e encontre a melhor forma para alterar atitudes.   

3. Valorize o perdão e liberte-se de culpas

Não encare a relação como um jogo em que se procura constantemente um vencedor. Saiba pedir e aceitar o perdão e partilhe a vida sem culpas ou outros estados de espírito pouco positivos.

4. Traduza sentimentos em ações

É certo que muitas vezes comunicamos apenas com um olhar, mas a frescura das relações só se mantém com ações concretas. O contacto físico, um beijo ou um abraço fazem toda a diferença no caminho a dois.

5. Quebre a rotina e traga emoção

Não fique amarrado/a ao mesmo de sempre e combata o tédio com novas atividades. Um fim-de-semana romântico, um brinquedo sexual ou um jogo erótico podem ser opções para gerar surpresa e emoção.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
114InscritosInscrever