Monda do Lavrador: Suportai e perdoai a ignorância dos tristes…

 

 

Um amigo meu diz, e com razão, que a ignorância é atrevida e é bem verdade. Sou um crente, em Deus e, no ser humano. Acho sempre que ele é capaz de evoluir e melhorar. Mas em Portugal não. Parecemos um bando de carneiros…a fazer mal!

O leitor, provavelmente, não saberá como funciona o meio artístico/cultural. E nem tem essa obrigatoriedade, mas há algumas situações caricatas, ridículas até, com que nos deparamos. Hoje trago-vos alguns exemplos.

1- Assessoria propõe entrevista sobre um disco. Contudo, recusa enviar o disco para que o possamos escutar porque, e atente-se, “basta a ficha técnica e alinhamento para que saiba o que perguntar”. Isto de acharem que um jornalista é também bruxo até podia ser rentável…

2- Organizam-se ‘eventos’ (sempre com o melhor elenco, claro) em que o público paga mais para ouvir ‘artistas’ da 3ª divisão, do que para ouvir alguém que proporciona realmente arte. Isto de se intitular tudo como ‘Fadista’ é uma desgraça e até mau para quem assim seja classificado… Que se distingam cantores, intérpretes de Fado e Fadistas.

3- Na tauromaquia houve quem achasse que um jornalista lá tinha ido fazer reportagens para ter protagonismo. Isto foi afirmado por ‘jornalistas’. Numa reportagem, o jornalista não tem de ter protagonismo, contudo há quem fale olhando-se ao espelho…

4- Um ‘reputado’ órgão de comunicação social de cariz cultural/moda agora apresenta reportagens em que se lê, integralmente, press releases de apresentação do artista. Os, poucos, leitores do dito OCS ficam sem saber o que aconteceu, mas isso não interessa nada. Importante é estar presente (ler em tom irónico…)

5- O próximo trimestre promete trazer discos ‘espectaculares’. Contudo há duas grandes possibilidades: ou se aumenta o lixo auditivo ou as prateleiras das lojas de música ficam mais compostas. Mas nem tudo é mau, existirá música, no verdadeiro sentido da palavra, para ser apreciada e aclamada.

6- Num momento em que a tauromaquia é atacada, sendo um dos temas mais fracturantes da sociedade, sai a notícia de que numa corrida realizada na Aldeia da Luz foram lidados touros…que já o tinham sido anteriormente. Tudo gente profissional e a poupar trabalho ao PAN e à ANIMAL. Como é que uma ganadaria, reputada, se permite a isto?

7- Rui Massena voltou a provar que é um artista único em Portugal. O trabalho que apresentou, ontem, na celebração dos 15 anos do Rock in Rio, é uma demonstração cabal das inequívocas capacidades de um maestro que se reinventa constantemente e que constrói caminhos a cada novo projecto. E vem aí o 4º disco de originais…Bravo!

Somos um país geograficamente pequeno mas enorme no sentido de humor…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.