Diogo Gomes: “Estaremos cá para fazer da Celestino Graça o principal tauródromo de Portugal”

Diogo Gomes: "Estaremos cá para fazer da Celestino Graça o principal tauródromo de Portugal"

Diogo Gomes: “Estaremos cá para fazer da Celestino Graça o principal tauródromo de Portugal”, disse o vereador da câmara municipal de Santarém, ao Infocul.pt.

Entrevista e fotografia: Roberto Pingas Rodrigues
Texto: Rui Lavrador

Este sábado foi dia grande e de festa em Santarém, com a realização da Missa de São José, na Sé Catedral de Santarém, a procissão de São José e ainda a corrida de touros integrada nas Festas de São José, o padroeiro da cidade.

19 de Março é Feriado Municipal, o Dia de S. José – patrono dos carpinteiros e dos artífices.

O Infocul marcou presença neste importante dia para a cidade de Santarém e entrevistou Diogo Gomes, vereador da Câmara Municipal de Santarém.

Sobre as expectativas para a temporada tauromáquica em Santarém, destacou que “é muito, muito grande. Estamos a recuperar da pandemia provocada pela COVID-19 e temos a felicidade de termos a gerir a Praça de Touros de Santarém, que é da Santa Casa Misericórdia de Santarém, a Associação Sector 9, que desde a primeira hora conta com o apoio da Câmara Municipal de Santarém. A Associação Sector 9 garante que os artistas para os cartés, quer o do dia, dia 19 de Março- dia do pai, integrada nas Festas de São José, que é o padroeiro de Santarém, as festas maiores da nossa cidade, é um bom cartel“.

Elogiou também os cartéis para Junho, em duas corridas “acopladas a um grande certame, mas de índole regional e nacional, que recordo são integradas na Feira do Ribatejo e Feira Nacional de Agricultura“, destacando a localização geográfica de Santarém e a vinda de pessoas de vários pontos do país e também do estrangeiro, nomeadamente Espanha.

Sobre a importância do regresso dos festejos populares, como é o caso das Festas de São José, após dois anos de pandemia e a importância socioeconómica, disse, que “é fundamental. As Festas de São José têm o seu cariz marcado, em torno de São José, o seu padroeiro, tivemos hoje de manhã a missa líndíssima, com um coro, com o sr. bispo a presidir à celebração, tivemos a tradicional procissão pelas ruas do centro da nossa cidade, de forma apoteótica e com imensa gente e olhando para este ambiente, em pré-tarde de touros, é uma dado de recuperação, as pessoas estão a voltar às festas de São José, extremamente bem organizadas pela Câmara Municipal, da qual eu faço parte em conjunto com o vereador João Leite, e é sem dúvida uma mais valia, porque as pessoas vêm aos touros, enquadradas nas festas, à capital do Ribatejo

Sobre a possibilidade da Celestino Graça ter corridas durante todo o ano ou tornar-se num multiusos, de forma a receber eventos independentemente das condições climatéricas, o vereador referiu que “enquanto colectivo, obviamente que sim, que gostávamos que a Celestino Graça caminhasse para que pudesse receber festejos todo o ano, contudo lembro que a praça é da Santa Casa da Misericórdia, gerida pelo Sector 9, está muito bem entregue, mas isto tem de ser pensado a outro nível“.

Posso dar a minha opinião própria, enquanto vereador, gostava muito. Mas vamos ver como evolui a pandemia, como evolui o conflito Rússia-Ucrânia, mas estaremos cá para fazer do tauródromo Celestino Graça, o principal tauródromo de Portugal“, acrescentou.

Disse ainda que “tal como senhor presidente da Câmara, Ricardo Gonçalves, já disse, queremos fazer de Santarém, a Sevilha de Portugal“.

Destacou ainda a forte presença de autarcas, deputados da assembleia da república e outras entidades, num almoço promovido pela autarquia, este sábado, no qual o Infocul.pt marcou presença, além de referir que estão a ser estreitadas relações com os alcaides de Olivenza e Badajoz. Reforçou a necessidade de os autarcas aficionados se unirem em defesa da festa brava.

Siga-nos no Google News

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

31,799FãsCurtir
12,697SeguidoresSeguir
438SeguidoresSeguir
288InscritosInscrever