Sábado, Junho 19, 2021

Eduardo Madeira elogia Cristina Ferreira e quer ter mais filhos

Eduardo Madeira elogia Cristina Ferreira e quer ter mais filhos

Eduardo Madeira elogia Cristina Ferreira e quer ter mais filhos, segundo o que disse ontem no ‘Conta-me’, da TVI.

Eduardo Madeira nasceu na Guiné Bissau e veio, juntamente com os pais, para Portugal ainda criança. O humorista conta que não tem recordações dessa mudança. Já a ida para Lisboa, aos 12 anos, após viver em Coimbra, marcou-o profundamente.

Foi duríssimo para mim. Lembro-me perfeitamente desse dia. É uma coisa cinematográfica que tenho na minha cabeça: ‘Olhar para trás, a chorar, e a dizer adeus’”, disse.

Porém, “aquele momento, que podia ser altamente traumático, ou que foi mesmo traumático, trouxe-me até aqui”, acrescentou.

O humor salvou-te em algum ponto da tua vida?”, perguntou Maria Cerqueira Gomes.

Salvou! Começou a salvar em pequenino na escola! A minha veia humorística revelou-se logo aí (…). Mas o que salva, na verdade, não é o humor, é o amor que metes nas coisas, em tudo o que fazes”, respondeu Madeira.

E foi por isso mesmo que abdicou do curso de direito. “Percebi a meio da faculdade que não tinha interesse nenhum por aquilo. Há medida que o tempo foi avançando, comecei a ganhar coragem de enfrentar o meu pai e a minha mãe. Não foi nada fácil, foram tempos complicados. Bati o pé e hoje estou aqui. Foi a melhor opção”, contou, para depois admitir que o seu maior ídolo, no humor, é sem dúvida Herman José.

Há preconceito entre humoristas?”, questionou Maria Cerqueira Gomes.

Há. Como há em qualquer profissão. Senti todo o género de preconceito. Como eu não tenho preconceitos, não nasci com esse chip… Portanto, os que têm, é problema deles. Não tenho pressa de provar nada”, referiu.

E já magoaste alguém?”, interrompeu Maria.

Eu acho que sim. Na imitação há sempre um lado de maldade. Mas tens de ter capacidade de perceber quando a crueldade deixa de ser uma crueldadezinha e passa a ser brutal. Eu acho que já fiz isso por inexperiência, por inconsciência”, referiu Madeira.

Já sobre um pedido de desculpas, Eduardo considera que, agora, não vale a pena fazê-lo: “Não vale a pena, o que está feito, está feito. Todas elas, hoje em dia, falam comigo muito bem. Também mudei, tornei-me uma melhor pessoa.

Se eles [os amigos] não estiveram mais em certos momentos foi também porque eu não queria estar com ninguém. Achava que o processo pelo qual estava a passar teria que ser eu a dar a volta”, disse sobre as suas más fases na vida.

Um dos momentos difíceis foi o fim do primeiro casamento, do qual o filho Rodrigo, de 20 anos, é fruto. Também o relacionamento com Joana Madeira acabou por gerar grandes críticas. Apesar dos 19 anos que os separam, Joana e Eduardo Madeira têm uma relação de enorme cumplicidade. Ainda assim, logo no início da relação, houve muito preconceito. “Muito preconceito. Muito atacado. Ouvi coisas muito desagradáveis.

Os dois têm agora duas filhas: Leonor, de sete anos, e Carolina, de um mês. “Adoro crianças. Sempre quis ter muitos filhos. Creio que vou ter mais. Acho que ela também quer. Estamos bem, sintonizados”, confidenciou, para depois elogiar a companheira. “Ela é muito especial na minha vida.

Toda a gente me recebeu bem na TVI, Não houve uma única pessoa que olhasse para mim com má cara. As pessoas tratam-me muito bem e quando és recebido assim percebes que estás no sítio certo. O projeto que estou a fazer, toda a gente me dá carta branca. A própria Cristina, que às vezes as pessoas pintam que é assim e assado, o que ela me diz é: ‘faz a tua cena, aquilo que tu és bom.’ Nunca me disse: ‘nunca faças isto, não vás por aí’. Nunca, zero. Estou no sítio certo. É isso que eu sinto”, disse sobre a mudança para a TVI e o trabalho com Cristina Ferreira.

Redacçãohttp://www.infocul.pt
Redacção oficial do site infocul.pt

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,945FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
98InscritosInscrever