Dora Maria e o FestFado: “O critério para a escolha dos convidados tem a ver com o profissionalismo e qualidade , com a entrega ao fado”

Dora Maria

 

 

 

Como já aqui revelámos, o FestFado está de regresso. A artista residente e organizadora do festival, Dora Maria, concedeu uma entrevista ao Infocul onde aborda a edição 2018 do FestFado Alentejo e também o FestFado Ribatejo, deste último revelando as datas e respectivos convidados.

 

O FestFado Alentejo realizar-se-á em Ponte de Sôr, nas seguintes datas e com os respectivos convidados:

 

16 de fevereiro – Romana

16 de março – Filipa Cardoso

20 de abril- Carlos Leitão

18 de maio- Maria José Valério

15 de junho- Duarte

20 de julho- Rodrigo

 

Para 2018, a “grande novidade do Festfado Alentejo 2018 é que o público vai ter direito a voto na parte da Gala que se refere ao concurso , os músicos residentes terão outro direito a voto , a par com os dois convidados artistas de cada espetáculo e um membro do júri residente . Passam assim a ser de quatro a cinco membros de júri. A grande novidade do Festfado Ribatejo 2018 é que este ano realizar-se-á no Entroncamento e  Alpiarça” revela Dora Maria ao Infocul.

 

Sobre o FestFado Ribatejo revela que as datas do Festfado Ribatejo 2018 são :

 

6 de abril- Rodrigo ( Entroncamento )

19 e maio – António Pinto Basto ( Entroncamento )

2 de junho – Diogo Carapinha ( Alpiarça )

22 de julho- Ana Lains ( Alpiarça )

 

O “Festfado é um projecto em que tem por  objetivo  promover o fado, divulgando e incentivando novos fadistas, apadrinhados pela actuação de autores e interpretes consagrados. Da planície alentejana à lezíria ribatejana, a terceira edição do Festfado Alentejo irá ter o seu ponto de partida no dia 16 de fevereiro em Ponte Sôr e o Festfado Ribatejo será realizado em Alpiarça e Entroncamento e terá a sua abertura a 6 de abril. Para além da residência da fadista e produtora do Festfado,  Dora Maria,  contar-se-á com a presença  dos  músicos Luís Ribeiro, na guitarra portuguesa, Pedro Pinhal, na viola, e Fernando Maia, na viola baixo” acrescenta Dora Maria.

 

Já quanto a prémios, Dora Maria revela que o “Festfado Alentejo terá na primeira parte da Gala um concurso , em que o primeiro vencedor terá a hipótese de gravar um disco . O Segundo prémio será no valor de 500 euros e o terceiro de 250 euros. Os concorrentes podem inscrever-se para festfado@gmail.com , enviando dados pessoais e um video ou audio .  O Festfado Ribatejo optou por oferecer a todos os amadores participantes um valor monetário de participação , sem haver vertente de concurso , mas sim dar espaço a ouvir-se novas vozes do fado”.

 

A apoiar estas iniciativas estão  “vários parceiros , a Câmara Municipal de Ponte Sôr , Alpiarça e Entroncamento . Ainda com o Eléctrico Futebol Clube e outras empresas que constam no cartaz . Convém realçar que este projeto tem um cariz solidário em que as receitas são oferecidas aos Bombeiros do Entroncamento e Alpiarça, Santa Casa da Misericórdia do Entroncamento e ao Eletrico Futebol Clube”, esclarece Dora Maria.

 

Este festival promove as regiões do Alentejo e Ribatejo , na medida em que movimenta a nível nacional e internacional público e artistas até ao interior do país. Este festival pretende levar ao interior do país as mesmas oportunidades dos grandes centros urbanos, descentralizar a cultura , especificamente do fado ,. Este festival dá oportunidade a todos os que gostam de fado de participar , é a grande festa do Fado! Dos Amadores , aos profissionais de fado , da música a outras áreas artísticas ( teatro, pintura , literatura ), e público, todos têm o seu espaço!” diz Dora Maria sobre o festival e a abertura a todos os que nele queiram participar.

 

Em cada gala participa um convidado. “O critério para a escolha dos convidados tem a ver com o profissionalismo e qualidade , com a entrega ao fado . Podem ser profissionais do fado ou não , por exemplo a Romana, não sendo profissional do fado, canta e trata muito bem o fado. Aliás isso verificou-se  pelo óptimo trabalho discográfico com temas de  fado  que editou, com  produção de Rodrigo Serrão. Não é no entanto inovador em festivais de fado  estes convites ! O Festfado recebe todos os que gostam de fado de braços abertos !”, diz a organizadora.

 

Todos os vencedores das edições anteriores gravaram o seu disco, fruto do prémio ganho no Festfado , falo de Francisca Gomes , Diogo Carapinha e Diana David”, recorda ainda a mentora do projecto.

 

Dora Maria que deixou uma mensagem aos nossos leitores: “Deixo aqui um convite a todos os leitores da Infocul para virem participar desta festa do Fado que é o Festfado ! Beijos e fados!”.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 16/02/2018


About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

_