Ex-amiga de José Castelo Branco quebra silêncio: foi Betty Grafstein que pediu para que guardasse os seus pertences

Ex-amiga de José Castelo Branco quebra silêncio: foi Betty Grafstein que pediu para que guardasse os seus pertences, revelou.

As joias e pertences que Betty Grafstein usava aquando a entrada no hospital foram entregues esta semana ao filho da joalheira.

Assim, a informação foi divulgada através de uma reportagem exclusiva da TVI, que falou com Marcela Fernandes, uma empresária e amiga do casal que tem visitado todos os dias Betty Grafstein em Cascais.

A empresária ficou com a responsabilidade de guardar as várias malas com os bens que a joalheira tinha no momento em que foi internada na unidade hospitalar, há mais de um mês.

Assim, de acordo com Marcela Fernandes, foi Betty Grafstein que pediu para que guardasse os seus pertences e tem na sua posse um documento que alega a autorização para tal até à chegada do filho.

Roger Basile chegou a Portugal na passada terça-feira, 21 de maio, e dirigiu-se à unidade hospitalar onde está internada a mãe, que tem visitado todos os dias, segundo a TVI.

Nesse sentido, Conceição Queiroz explicou, durante o “TVI – Em Cima da Hora”, que o motivo dado para que o filho não tivesse vindo mais cedo dos EUA foi o seu estado de saúde.

Recorde-se que Roger Basile tem 70 anos.

‘Na realidade, a sua mãe é maltratada e sofre de violência doméstica por parte deste homem’. Do outro lado, ouvi um silêncio profundo, seguido de um: ‘Finalmente mais alguém vê! Eu estou há 20 anos a tentar separá-los. Estou há 20 anos a tentar livrar a minha mãe deste senhor’”, contou Marcela Fernandes.

Ele [José Castelo Branco] tenta, neste momento – porque eu fiquei com as malas -, usar-me como bode expiatório, porque o que o Zé queria e disse em alto e bom som: ‘Se eu for detido, eles não apanham as joias’. Inclusive, no dia da detenção do Zé, eu estive com o filho e o Guilherme confirmou-me que tinha as joias, mas, atenção, confirmou-me com um desgosto”, revelou Marcela Fernandes.

Seguidamente, referiu que Guilherme Castelo Branco estava “extremamente abatido”.

Disse: ‘Não era suposto ninguém saber isto’. E eu disse: ‘Pois, mas sei eu e sabem mais mil pessoas, porque o teu pai conta tudo a toda a gente’. E ele disse: ‘Marcella, quando me baterem à porta a pedirem as joias, eu entrego! Ou, quando o meu pai sair, eu entrego-lhe, porque eu não quero nem nunca quis ter nada a ver com isto e eu vou proteger a todo o custo a minha filha e a minha mulher’”, continuou Marcela Fernandes.

Ou seja, depois da queixa por alegada violência doméstica de José Castelo Branco contra Betty Grafstein, Marcela Fernandes acredita que lhe pareceu “mais seguro” entregar as malas com os pertences do casal a Roger Basile.

Este fará a “triagem” dos bens e o que é do socialite “será devolvido a ele”.

Por fim, foi ouvido um áudio, referindo ser de Betty Grafstein: “Tenho tentado ir ao médico, mas não consigo que ninguém se aproxime porque eles vêm e, depois, fogem quando ele está fora, por isso, não consigo dizer nada a ninguém em segredo. Não consigo dizer nada a ninguém”.

Assim, segundo a reportagem de Conceição Queiroz, José Castelo Branco não respondeu a nenhuma das questões levantadas.

A novela continua dentro de momentos…

Assim, após polémica, Ex-amiga de José Castelo Branco quebra silêncio: foi Betty Grafstein que pediu para que guardasse os seus pertences.

Siga-nos no Google News

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

31,799FãsCurtir
12,697SeguidoresSeguir
438SeguidoresSeguir
288InscritosInscrever