G.F.A. Évora actua na Nazaré: “O sentimento é de grande responsabilidade e de alegria”

G.F.A. Évora actua na Nazaré: “O sentimento é de grande responsabilidade e de alegria”, refere o cabo, João Pedro Oliveira.

G.F.A. Évora actua na Nazaré: "O sentimento é de grande responsabilidade e de alegria"

A Praça de Touros do Sítio da Nazaré receberá a sua última corrida da temporada a 10 de Setembro, pelas 22:15.

Frente a touros da ganadaria de Herdeiros de Manuel Assunção Coimbra, actuam Rui Salvador, Marcos Bastinhas, Andrés Romero, Miguel Moura, António Prates e Joaquim Brito Paes. Pegam os grupos de forcados amadores de Évora e Cartaxo.

O cabo do grupo de forcados amadores de Évora, João Pedro Oliveira, concedeu declarações à empresa Doses de Bravura, sobre a corrida.

Enquanto cabo do grupo, qual é o sentimento de voltar a pegar na Praça de Toiros da Nazaré?

O sentimento é de grande responsabilidade e de alegria, passados 14 anos, o Grupo de Évora está de volta a uma das praças mais carismáticas de Portugal e obviamente para qualquer Grupo de Forcados que se preze, não quer estar tanto tempo de fora a ver outros pegar numa praça tão bonita e actuar para uma afición tão especial.

Estando já no mês de Setembro, qual o balanço da v/ temporada?

Um balanço positivo, com um número de corridas aceitável para a exigência do Grupo de Évora. Obviamente, queremos sempre pegar o maior número possível de espetáculos, mas a presença em praças e datas importantes do panorama taurino nacional é um indicador que reflete o momento que o Grupo atravessa e a confiança que os promotores e empresários taurinos depositam no grupo para estar nessas corridas.

Sendo a Nazaré uma Praça tão especial e com um público tão caloroso e festivo, qual são as vossas expectativas para a noite de 10 de Setembro?

Temos pelo menos a obrigação de corresponder ao apoio incondicional que o público da Nazaré tem para com os artistas em praça, esse é o nosso dever. É um público peculiar pelo seu carinho e emoção que faz esta praça ser especial. A partir daí, penso que é desfrutar das 3 pegas aos toiros que teremos pela frente com classe, garra e união.

De que forma e com que argumentos convidaria os aficionados e o público em geral, a assistir à corrida do dia 10 de Setembro?

Tratando-se da última corrida da temporada nesta praça, apelo a que todos os aficionados e apoiantes do grupo coloquem no seu destino a Praça de Toiros da Nazaré para passar uma grande noite de toiros. Uma corrida que terá uma forte exaltação aos costumes e tradições do nosso Portugal com a Procissão das Velas em Honra de Nossa Sra da Nazaré e aos Pescadores, Fado, Toiros, Toureiros e Forcados…mais orgulho do que no dia 10 de Setembro para nos sentirmos portugueses de verdade não existe. Contamos com todos!

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

28,904FãsCurtir
12,945SeguidoresSeguir
308SeguidoresSeguir
201InscritosInscrever