Domingo, Maio 16, 2021

Goucha assume erro “imperdoável” com Hélder Reis

Goucha assume erro "imperdoável" com Hélder Reis

Goucha assume erro “imperdoável” com Hélder Reis, hoje, no Conta-me.

Numa retrospectiva de vida, Hélder Reis disse: “A vida e as pessoas tiraram-me sonhos e expectativas, mas acrescentei alguma razão”.

Pensava muito nisso e, quando percebia que elas não gostavam, ficava triste. Sofria muito”, acrescentou.

Foi mudando de postura, após a morte da mãe.

A morte da minha mãe [em 2020] tornou-me extremamente mais seguro, mas com muita dor. Foi e será para sempre a maior dor da minha vida. Mas, por outro lado, a maior construção humana que alguma vez tive”, disse, emocionado.

Parte de mim morreu naquele dia, mas nasceu outra. É óbvio que não sou a única pessoa enlutada neste País, especialmente nas condições em que vivemos atualmente [referindo-se ao contexto pandémico], mas crescer e rejuvenescer com o luto é uma atitude muito forte e violenta. É como ires contra uma parede, voltares e teres de refazer-te”, reforçou.

Goucha questionou-o se lhe faltaram pessoas aquando a morte da mãe.

Mesmo antes do convidado responder, Goucha assumiu que “faltei eu. Desiludi-te“.

“Fizeste-me muita falta porque tu sempre assumiste um papel muito paternal na minha vida. Estiveste presente em todos os grandes momentos. E no momento em que a minha mãe morre, a pessoa que era a figura paternal da minha vida não esteve. Fizeste-me falta”, respondeu Hélder Reis.

“Desculpaste-me?”, perguntou Goucha, considerando a sua atitude “imperdoável”.

Não alimento raivas nem pensamentos negativos. Disse-te que me tinhas feito falta porque era importante saberes isso. Não estiveste lá, mas hoje estás e a vida avança. No fundo, é isso que conta”, respondeu Hélder Reis.

Avatar
Redacçãohttp://www.infocul.pt
Redacção oficial do site infocul.pt

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,969FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
89InscritosInscrever