Terça-feira, Maio 11, 2021

Hell’s Kitchen: Ex-mulher de Diogo revela que consumiu droga com ele

A ex-companheira de Diogo deu uma entrevista à TV 7 Dias, na qual revela que consumiu droga com ele.

Em comum têm uma filha.

Nós separámos-nos, mas eu continuei sempre presente na vida dele. Tanto que ele entrou no programa e antes de entrar no programa isso foi falado comigo e com a filha e eu até já estava na Holanda”, revelou Verónica.

Eu fui encontrando situações em casa e fui confrontando o Diogo e ele ia dizendo, ‘foi o meu amigo, ele é que consome’. Eu acordava muito cedo, porque tinha de ir abrir a loja… E o Diogo chegava sempre muito tarde a casa. Os nossos horários nem sequer eram compatíveis… Há um dia que eu fui mais maluca do que ele e confrontei-o. Meti-lhe aquilo à frente e ele não resistiu“, acrescentou.

Foi um choque para mim, mas o meu instinto já me dizia qualquer coisa. Não era normal ao fim de 10 anos de relação eu começar a vê-lo a ter determinadas atitudes e a ver certas coisas em casa que não faziam parte do nosso dia-a-dia“, explicou.

A filha chegou a assistir a certos episódios: “Queria consumir. Cheguei a esconder-lhe aquilo, a Carolina chegou a assistir a bastantes cenas. Eu fazia aquilo, mas de certa forma tentava fazê-lo ver que ele não precisava daquilo…”.

Eu comecei a perceber que a coisa estava muito mais avançada do que aquilo que eu pensava. Para chegar a ele eu tive de consumir com ele porque de outra forma eu não conseguia e mesmo assim foi difícil, mas depois consegui um bocadinho mais. Chegou uma altura que eu acabei por estar a consumir com ele”, confidenciou Verónica.

Até que chegou a separação: “Eu pensei: quem ama também liberta, e ele estava muito agarrado a mim. O que eu achei foi que se calhar, eu ao libertá-lo, ele tivesse mais consciência que tinha de se ajudar a ele. Comigo ao lado estava a ser difícil de ele assumir que ele tinha um problema.

Nós não nos separámos por discussão. A nossa relação não acabou por falta de amor. Infelizmente foi por outros motivos. Alguém teve de o fazer para a vida continuar porque senão tínhamos ficado todos enterrados”, revelou.

Verónica culpa o sector da hotelaria pela entrada de Diogo no mundo das drogas: “Eu vou-lhe ser sincera: no mundo da hotelaria a droga é aquilo que há mais e eu acho que foi muito fácil”.

Avatar
Redacçãohttp://www.infocul.pt
Redacção oficial do site infocul.pt

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,966FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
88InscritosInscrever