Juanito em Las Ventas: Quanto vale para Portugal?

Juanito em Las Ventas: Quanto vale para Portugal?

A notícia que muitos já tinham avançado, foi ontem oficialmente confirmada: João Silva, conhecido artisticamente como Juanito, integra os cartéis da Feira de San Isidro, na Praça de Touros de Las Ventas, em Madrid.

É uma extraordinária notícia para o toureio a pé, em Portugal. São mais de duas décadas, sem que um matador de touros português pise tal arena.

Juanito tem trilhado um percurso de muito trabalho, com momentos de profunda solidão, e muitas vezes sem que se saibam, publicamente, todos os esforços que tem feito.

Não é fácil. Nunca o foi. O caminho do toureio a pé em Portugal atravessa uma larga crise há muitos anos e os agentes nacionais pouco ou quase nada têm feito para o alterar.

Maioria dos cartéis que contemplam o toureio a pé, em Portugal, são fracos e sem interesse nenhum, dando a ideia de esmola, quando deveria dar uma ideia de grandiosidade.

Mas o que traz a presença de Juanito em Las Ventas ao toureio em Portugal? Várias coisas.

Comecemos pelo orgulho, em termos um português na feira taurina mais importante do mundo.

Seguidamente, falemos na importância que pode ter para os restantes matadores portugueses em actividade. Caso Juanito triunfe, e oxalá isso aconteça, é uma oportunidade única de o sector tauromáquico nacional apostar numa forte campanha de marketing e publicidade dos matadores portugueses.

E por último, não menos importante, coloca Juanito num patamar totalmente acima dos seus restantes colegas nacionais. Os motivos são óbvios e não necessitam de esclarecimento.

No ano passado, Juanito teve vários e destacados triunfos cá, mas sobretudo lá. Em Espanha!

A imprensa portuguesa da especialidade, mantendo a normalidade, decidiu dar-lhe pouco destaque. Deu-lhe pouca voz e quando lhe deu, colocou num patamar abaixo do que deveria ter feito.

Há poucas figuras na tauromaquia em Portugal, relativamente aos toureiros em actividade. Os dedos de uma mão chegam e sobram. No toureio a pé, Juanito é, actualmente, o único capaz de chegar a esse patamar.

Necessitará de ser mentalmente forte, ganhar maturidade e não pular de nenúfar em nenúfar em cada triunfo, mas manter os pés no chão. Acredito que o faça, estando rodeado de Joaquín Domínguez e Rui Bento Vasques.

Joaquín Domíngues tem feito um excelente trabalho, com muita resiliência, com o jovem matador. É, para mim, um extraordinário agente tauromáquico e que merece o máximo respeito e elogio. Rui Bento Vasques é o melhor apoderado português e dará, certamente, um upgrade (desenvolvimento) à carreira do ‘diestro’.

D.R. (Rui Bento Vasques, Juanito e Joaquín Domínguez)

Por falar em Rui Bento Vasques, a presença de Juanito em Las Ventas, volta a colocá-lo, enquanto apoderado, nos grandes palcos espanhóis. E isto, contra os haters, demonstra o quanto Rui Bento Vasques é respeitado em Espanha. É uma verdade La Palice, por muitos golpes palacianos que tentem fazer à sua existência na tauromaquia portuguesa.

Posto isto, cabe a todos os agentes em Portugal, imprensa incluída, valorizar e fazer um acompanhamento do trajecto de Juanito. Isto não significa ser condescendente com ele, antes pelo contrário. Aumentem a exigência em praça, mas aprendam a valorizá-lo fora dela.

Dia 24 de Maio, frente a touros de Valdefresno, Juanito confirmará a alternativa em Madrid, ao lado dos matadores Daniel Luque e José Garrido.

Antes disso, poderá ainda ser visto noutras localidades espanholas. Que os portugueses não lhe faltem em praça, saindo das redes sociais e apoiando presencialmente.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

28,668FãsCurtir
12,945SeguidoresSeguir
302SeguidoresSeguir
181InscritosInscrever