Domingo, Fevereiro 28, 2021

Lisboa: GNR apreendeu mais de 400 quilos de bivalves e identificou 4 homens por pesca ilegal

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Lisboa, ontem, dia 14 de fevereiro, aprendeu 420 quilos de pé-de-burro (Venus verrucosa) e identificou quatro indivíduos com idades compreendidas entre os 30 e os 48 anos por pesca ilegal, no estuário do rio Tejo, em Lisboa.

Na sequência de uma ação de fiscalização, os militares da Guarda detetaram uma embarcação de pesca com quatro pescadores a rebocar uma arte de pesca, mais especificamente uma ganchorra, que atuava sobre o fundo e visava a captura de moluscos bivalves. No decorrer das diligências policiais, verificou-se que os suspeitos efetuavam a captura dos bivalves sem licença válida e que utilizavam artes de pesca não licenciadas para aquela embarcação, para além de violarem o dever geral de recolhimento domiciliário e da limitação de circulação entre concelhos. No seguimento da ação, foi apreendida a embarcação, bem como a ganchorra utilizada para a captura dos bivalves.

Os suspeitos foram encaminhados para os respetivos domicílios, tendo sido elaborados os respetivos autos de contraordenação face ao incumprimento das medidas vigentes para a contenção da epidemia COVID-19 e de pesca ilegal.

Os bivalves, por se encontrarem vivos, foram devolvidos ao seu habitat natural.

Avatar
Redacçãohttp://www.infocul.pt
Redacção oficial do site infocul.pt

Artigos Relacionados

Big Brother: Noivo de Noélia chama Quintino Aires de “traste”

O noivo de Noélia está irritado com os comentários que Quintino Aires tem feitio sobre a namorada no Extra, do Big Brother. Quintino Aires já...

Pedro Crispim mostra-se sem roupa e seguidora chama-o à atenção

Pedro Crispim, consultor de moda e actualmente como comentador do Big Brother, publicou uma fotografia em que surge sem roupa. Entre os que gostaram e...

Agir mostra-se contra concertos em livestreaming: “Começa a dar dores de cabeça e queremos voltar ao normal”

O músico Agir recorreu às redes sociais para criticar os concertos em livestreaming. Comparou-os mesmo ao uso de óculos 3D nas salas de cinema. Segundo o...

Siga-nos nas redes sociais

23,963FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
65InscritosInscrever