Luís Rouxinol: “Como se costuma dizer, hoje saíram-me as duas favas”

Luís Rouxinol: “Como se costuma dizer, hoje saíram-me as duas favas”, referiu o cavaleiro sobre a corrida de touros na Nazaré, este sábado, 23 de Julho.

Luís Rouxinol: "Como se costuma dizer, hoje saíram-me as duas favas"

A Praça de Touros do Sítio da Nazaré abriu a sua temporada Tauromáquica, este sábado – 23 de Julho, com um cartel composto por Luís Rouxinol, Francisco Palha, Andrés Romero e os Forcados amadores de Portalegre, Caldas da Rainha e Académicos de Coimbra. Lidou-se um curro de touros da ganadaria de Engenheiro Jorge de Carvalho.

O cavaleiro Luís Rouxinol concedeu declarações ao Infocul.pt, sobre as duas lides e os touros que lhe calharam em sorte.

Análise das lides e dos touros: “Como se costuma dizer, hoje saíram-me as duas favas. Dois touros bastante complicados, a andarem, adiantavam-se uma barbaridade, dei a volta o melhor possível e penso que o público compreendeu isso. Este touro [o 2º] saiu parado, desinteressado do cavalo, não transmitiu nada, tive de ser eu a colocar o que faltava. Não foi a noite que eu vinha à espera na Nazaré com uma moldura humana destas, mas penso que estive por cima dos touros e quando isso acontece dá sempre alguma satisfação”.

Público da Nazaré: “A moldura humana que está aqui hoje na Nazaré é uma coisa que todos os toureiros gostam de ver, é um público que vem às corridas para se divertir, para acarinhar os toureiros, para aplaudir os toureiros e dá sempre uma força extra aos toureiros, mesmo quando as coisas não estão a correr da melhor maneira. São um grande incentivo, são sem dúvida um público único”.

Próximas corridas: “No próximo dia 29 de Julho estarei no Montijo, na minha terra, com um cartel nunca realizado, comigo, com o Rui Fernandes, o Rouxinol Jr. e o Duarte Fernandes. Penso que o cartel está muito bem montado e frente a um dos curros mais imponentes desta temporada, com jaboneros [da ganadaria de Canas Vigouroux]. Espero que o público adira, vá o Montijo e possa ser uma boa noite de touros. Depois vou para a Figueira da Foz, para os Açores na Ilha Graciosa, tenho uma temporada muito completa com bons cartéis e em boas corridas”.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

28,673FãsCurtir
12,948SeguidoresSeguir
300SeguidoresSeguir
180InscritosInscrever