Marta Gil sobre violência doméstica: “Isto tem de acabar”

Marta Gil sobre violência doméstica: “Isto tem de acabar”, referiu nas redes sociais.

Marta Gil sobre violência doméstica: "Isto tem de acabar"

Marta Gil reagiu às recentes notícias sobre o aumento exponencial de vítimas mortais por violência doméstica, que o ano passado o nosso país contabilizou 16 vítimas.

As notícias sobre o aumento do número de vitimas mortais de violência doméstica são preocupantes. Já morreram 13 mulheres em Portugal este ano e ainda estamos em Junho. Eu sei que as redes sociais estão inundadas de felicidade e coisas bonitas mas tem de servir para mais do que isso. Os números são graves e sei que um post não ajuda em nada mas se ajudar para alertar já vale a pena”, começou por escrever.

Sei que muitas vezes o medo impede muitas mulheres de falar, o medo, a vergonha, o não saber se acreditarão nelas. O caminho de falar pode ser muito duro mas pode evitar consequências fatais. Fala… fala por ti… fala pelo teu futuro! Mas fala, evita o pior, se és simplesmente uma amiga ou amigo que desconfia de algo, fala também, isto tem de acabar e só se usarmos a nossa voz é que podemos contribuir para o fim”, referiu.

Não se morre no amor, morre-se em contexto de violência doméstica! Sinto uma grande impotência em relação a este tema…isto é grave e está a acontecer aqui, ao nosso lado!”, acrescentou, ao deixar os contactos da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV).

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

28,674FãsCurtir
12,948SeguidoresSeguir
300SeguidoresSeguir
180InscritosInscrever