Miguel Bravo volta a faltar a um concerto e é acusado de fraude

Miguel Bravo volta a faltar a um concerto e é acusado de fraude, por uma comissão de festas.

Miguel Bravo volta a faltar a um concerto e é acusado de fraude

Parece ser um caso sem resolução.

Pena enésima vez, Miguel Bravo é acusado de faltar a um espectáculo para o qual estava contratado.

Desta vez foi em Covas de Ferro, sendo acusado de fraude.

Comunicado. Queremos alertar todas as Comissões de Festas para o facto do artista Miguel Bravo não comparecer aos espetáculos que se compromete. O artista estava contratado desde abril para atuar no domingo, dia 31 de julho em Covas de Ferro”, refere o comunicado.

Acontece que marcou outro espetáculo para Évora à mesma hora, colocando-nos numa situação delicada perante todo o público que se dirigiu à nossa festa para o ver”, acrescenta.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

28,672FãsCurtir
12,945SeguidoresSeguir
302SeguidoresSeguir
181InscritosInscrever