Sexta-feira, Setembro 24, 2021

Nazare: Apreensão de 1,8 quilos de meixão

Nazare: Apreensão de 1,8 quilos de meixão

Nazare: Apreensão de 1,8 quilos de meixão, avança a GNR em comunicado.

O Comando Territorial de Leiria, através do Núcleo de Investigação de Crimes e Contraordenações Ambientais (NICCOA), no dia 27 de maio, apreendeu 1,8 quilos de meixão e deteve um homem de 48 anos pelo crime de dano contra a natureza, na localidade de Nazaré

No seguimento de uma investigação que decorria há cerca de dois anos, os elementos do NICCOA deram cumprimento a quatro mandados de busca domiciliária, tendo detetado 1,8 quilos de meixão vivo, Anguilla anguilla, em depósitos de água com sistemas de oxigenação, para comercialização. No decorrer da operação foi apreendido o meixão, tendo ainda sido apreendidos 1 750 euros em numerário, diversos telemóveis, rádios, munições e materiais associados à prática da pesca ilegal de meixão.

O meixão apreendido foi devolvido ao seu habitat natural.

Os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Leiria.

No decorrer da investigação, no total, foram apreendidos 115 quilos de meixão e detidos três indivíduos.

Esta ação contou com o reforço da estrutura de investigação criminal e da estrutura de proteção da natureza e do ambiente do Comando Territorial de Leiria, e com o apoio da Polícia de Segurança Pública (PSP) e do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

A enguia europeia, Anguilla anguilla, que na fase larvar é conhecida por enguia juvenil/meixão, é uma espécie considerada em perigo e que tem sofrido grande redução em razão da pesca ilegal, impedindo desta forma o normal ciclo de reprodução, colocando em causa a sustentabilidade da espécie. O valor do meixão, no mercado final (países europeus e asiáticos), varia consoante os meses e pode alcançar um valor de seis mil euros por quilo.

Fonte: GNR

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
109InscritosInscrever