Sexta-feira, Setembro 24, 2021

Quem quer namorar com o agricultor?: Andreia Rodrigues leva as filhas

Quem quer namorar com o agricultor?: Andreia Rodrigues leva as filhas

Quem quer namorar com o agricultor?: Andreia Rodrigues leva as filhas, revelou a apresentador em conversa com os jornalistas.

Andreia Rodrigues tem percorrido o país de norte a sul, na companhia das filhas, Alice, de 3 anos, e da pequena Inês, que nasceu em Março.

Levo as pequeninas comigo, o que torna estas viagens ainda mais especiais. Estou sempre a tentar gerir da melhor forma. Fazemos as viagens numa carrinha de nove lugares, eu viajo no meio e elas vão ao meu lado. Acabo por trazer as minhas filhas porque a minha mãe nos acompanha. Tem-me dado todo o apoio. Poder contar com a ajuda dela tem sido imprescindível”, disse à TV Mais.

Tentamos gerir sempre de forma a que a Alice consiga dormir e descansar durante as viagens, para não ser obviamente muito intenso para ela. Em alguns casos fica em casa com a minha mãe ou com o pai [Daniel Oliveira]”, explicou.

A Inês vem sempre comigo. Por causa da maminha! Quando estou a gravar ela está a dormir, o que é ótimo! Come e a seguir dorme… acho que nem dá pela minha falta! Tento sempre fazer tudo com muito tempo, para podermos parar as vezes que forem necessárias. Fazemos tudo com calma e tranquilidade. Nas viagens mais curtas já houve duas vezes em que não a levei”, assumiu a apresentadora.

Tem sido muito desafiante em todos os sentidos, é extremamente especial também porque tenho a possibilidade de estar com as minhas filhas todos os dias”, explicou.

Em televisão temos ritmos de vida e horários diferentes. Só estou a fazer isto porque, obviamente, me sinto bem! É importante enquanto profissional e já estava previsto este programa há cerca de um ano, mas a verdade é que só faço e só aqui estou porque é possível trazer as minhas filhas comigo, principalmente a Inês. Não abriria mão daquilo que é fundamental para um bebé, que é a presença, o colo da sua mãe. Não abdicaria nem a privaria disso! Este é um programa que me permite fazer isso”, reforçou.

Foi-me colocada a questão se estaria capaz ou não de o fazer. Se me sentia preparada ou não”, desvendou.

Olhámos para o calendário e é óbvio que estou com medidas diferentes… Mas estou de alma e coração, muito feliz. Foi possível e é possível ter a Inês comigo e não a privar de forma alguma. Só assim faria sentido para mim avançar. Se não fosse possível, como já aconteceu, de certeza assumiria outra pessoa o meu lugar. Isso não seria uma novidade, já aconteceu“, referiu

Continuo a dizer que os programas são sempre mais importantes, estão sempre acima, do que as pessoas. Se não fosse eu, seria outra pessoa e seria incrível com certeza também!”, afirmou.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
109InscritosInscrever