Reportagem: Casa Pia reduzido a 10 empata F.C.Porto

Reportagem: Casa Pia reduzido a 10 empata F.C.Porto, este sábado.

Reportagem: Casa Pia reduzido a 10 empata F.C.Porto

Texto: Rui Lavrador
Fotografias: Diogo Nora

Equipas Titulares

Casa Pia: Ricardo Baptista; Fernando Varela, Vasco Fernandes, Zolotic; Lucas Soares, Afonso Taira (Vitó, 67′), Neto (Yan Eteki, 22′), Derick Poloni; Kunimoto (Diogo Pinto, 75′), Clayton (João Nunes, 46′) e Godwin (Antoine, 67′).

F. C. Porto: Diogo Costa; João Mário (Namaso, 80′), Fábio Cardoso, Marcano, Wendell (André Franco, 80′); Otávio, Grujic (Eustáquio, 72′), Uribe (Pepê, 46′), Galeno; Verón (Toni Martinez, 60′) e Taremi.

Suplentes

Casa Pia: João Victor, Eduardo Ferreira, João Nunes, Léo Bolgado, Antoine, Diogo Pinto, Rafael Marins, Vitó e Yan Eteki.

F. C. Porto: Cláudio Ramos, David Carmo, Pepê, Rodrigo Conceição, Namaso, André Franco, Toni Martinez, Eustáquio e Gonçalo Borges.

Numa noite de chuva e frio, Casa Pia e F.C. Porto defrontaram-se no Estádio da Jamor, com a primeira parte a revelar-se demasiado táctica e com muita disputa a meio campo, sem nenhuma das equipas conseguir criar grandes ocasiões de golo, apesar de algumas aproximações às duas áreas.

O Porto com mais posse de bola, o Casa Pia actuando com um bloco bastante unido e não dando possibilidade ao adversário de colocar em prática o seu rolo compressor habitual.

A terminar a primeira parte, o Casa Pia ficou reduzido a 10 unidades, após expulsão de Lucas Soares, por duplo amarelo e respectivo cartão vermelho.

Na segunda parte, o Porto entrou a dominar, com a primeira grande oportunidade a surgir aos 57′, com cruzamento da direita de João Mário para um forte cabeceamento de Galeno a rasar a barra.

O Porto continuou a apertar e aos 61′ foi a vez de Taremi ter nova grande oportunidade, mas atirar ao lado, de cabeça.

Aos 69′ soberana oportunidade para Toni Martinez, mas extraordinária defesa de Ricardo Baptista. No minuto a seguir, de fora da área, uma bomba de Wendell voltou a ter Ricardo Baptista em destaque.

Aos 72, Ricardo Baptista voltou a negar o golo a Taremi, após remate fortíssimo.

O Porto continuou a pressionar e a tentar de várias formas chegar ao golo, mas Toni Martinez, Galeno e companhia continuaram a não conseguir marcar, ora devido a defesas de Ricardo Baptista, ora devido a falta de pontaria.

O Casa Pia soube resistir, mesmo com menos um jogador em campo, o Porto deixou dois pontos em Lisboa e perdeu o segundo lugar no campeonato.

Árbitro: Nuno Almeida
Árbitros Assistentes: Pedro Felisberto, Francisco Pereira
4º Árbitro: Iancu Vasilica
Vídeo Árbitro: Hugo Miguel
AVAR: Nuno Pires

Assistência: 8107 espectadores

Disciplina: Cartão Amarelo a Lucas Soares (33 e 45), Ricardo Baptista (74) . Cartão Vermelho a Lucas Soares (45+1).

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

29,953FãsCurtir
12,945SeguidoresSeguir
329SeguidoresSeguir
213InscritosInscrever