Reportagem: Reina, Talavante e Justo triunfaram na tarde histórica de Almendralejo

Reportagem: Reina, Talavante e Justo triunfaram na tarde histórica de Almendralejo, este sábado.

Reportagem: Reina, Talavante e Justo triunfaram na tarde histórica de Almendralejo

Fotografias: Diogo Nora
Texto: Rui Lavrador

A Praça de Touros de Almendralejo recebeu, este sábado, 1 de Abril, uma corrida goyesca, comemorativa dos 180 anos deste tauródromo sito na Extremadura.

Frente a touros da ganadaria de Juan Pedro Domecq, actuaram os matadores Luís Reina (que regressou às arenas aos 65 anos, para está efeméride do tauródromo da sua terra), Alejandro Talavante e Emílio de Justo.

Após as cortesias, os três toureiros foram chamados a saudar nos tércios, já depois de Luís Reina ter sido homenageado.

Luís Reina abriu as actuações e esteve estético, tranquilo e a fazer tudo com muita paciência, saber e labor. Recebeu no capote por verónicas e destacou-se por uma larga, já no remate deste tércio, tendo no intermédio brilhado por ‘delantales’. Os bandarilheiros cumpriram com qualidade o tércio seguinte e desmonteraram-se Fernando Sánchez e Juan Luís Moreno. Na muleta, Reina apostou maioritariamente pelo lado direito, pelo qual o touro investiu e humilhou melhor e conseguiu ter séries de muito mérito. Pela esquerda, tentou, mas sem o mesmo brilhantismo. Usou o descabello três vezes, ainda assim foi premiado com duas orelhas após pedido do público ao qual a presidência acedeu. Bonito de cara o primeiro touro, nobre e a humilhar bem, principalmente pelo lado direito.

Alejandro Talavante teve por diante um touro mais complicado, negro de capa, com investida pouco franca, ensarilhada até, ao qual tentou tapar todos os defeitos. E a verdade é que esteve diversificado no capote, destacando-se por gaoneras, já depois de bonitas verónicas. Seguidamente esteve paciente e com pinceladas de arte na muleta, com momentos de enorme beleza, porém com o touro a vir cada vez a menos, retirando brilho ao seu labor. Com a espada esteve desastroso e perdeu os troféus, após pinchar várias vezes. Foi aplaudido.

Emílio de Justo começou por receber o touro com o capote, por verónicas, chicuelinas e rematando com uma meia verónica. Na muleta, Justo criou poesia em movimento, com uma faena de grande profundidade, em redondo, por ambos os pitons e com o público a responder com óleos a cada passe. Referir que o vento foi adversário nesta faena, mas com Emilio de Justo a impor-se com poder. Duas orelhas de total mérito, após matar à segunda tentativa efectiva.

Luís Reina teve por diante um jabonero, manso e perigoso e frente ao qual teve de porfiar muito para conseguir uma faena minimamente ligado e com sentido. Por várias vezes teve de andar atrás do touro, que desistia da luta e refugiava-se em tábuas. Reina fez uso da sua experiência e sabedoria para conseguir tirar a pouca qualidade do oponente. Duas orelhas, após estocada certeira.

Dom Talavante. O que Alejandro Talavante fez na sua segunda lide roçou o idílico. Fez uma faena de autor, recheada de intuição, técnica, arte e coração. Talavante foi puro na sua actuação, sacando tudo o que este belíssimo touro tinha para dar. Brilhante quer por naturales, quer por derechazos, tudo de forma muito pausada e profunda. Touro e toureiro entregaram-me a esta faena e o resultado foi a melhor actuação desta tarde. Duas orelhas e rabo. Volta ao touro. E público em delírio.

Justo ‘picou-se’ com o triunfo do colega que o antecedeu e desenhou outra boa actuação, perante um astado com pouca transmissão e que obrigou o toureiro a colocar tudo em dobro. Tudo o que podia ter feito, fê-lo bem. Actuação de grande poder e a certeza de que Justo está de novo na sua melhor forma, após a acidentada temporada transacta, após a colhida em Madrid. Duas orelhas após estocada certeira.

Os touros de Juan Pedro Domecq cumpriram no geral, destacando-se o 4º como o pior do lote e o 5º como o melhor.

Tarde histórica em Almendralejo com os três toureiros a saírem em ombros e perante gáudio do conclave.

Siga-nos no Google News

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

31,799FãsCurtir
12,697SeguidoresSeguir
438SeguidoresSeguir
288InscritosInscrever